Duas de arte que valem a pena

De novo, 40 anos depois, Hair

Já tem data marcada a estreia do musical Hair, no Teatro Oi Casa Grande:5 de novembro. Produzido e dirigido pela dupla Claudio Botelho eCharles Moeller, o espetáculo traz um elenco jovem em que todos os atores foram escolhidos em testes. Nos papéis principais, dos personagens Berger e Claude, estão Igor Rickli, que participou da série global A vida alheia, e Hugo Bonemer. Os ensaios, que até ontem aconteciam no Teatro Tereza Rachel, já passam a ser no próprio palco do Casa Grande. As letras das músicas nesta versão brasileira de Hairsão do Claudio Botelho, que tem feito isso com grande brilhantismo, desde o musical magnífico e sem pretensões Cole Porter, lembram?…

Escultor Sergio Camargo, também escritor

O escultor Sergio Camargo nos deixou belos escritos – poemas, lembranças, fragmentos de vida – e tudo foi reunido e selecionado por sua filha, Maria Camargo, e a amiga dele artista plástica, Iole de Freitas, e transformado em livro com nome bonito: Preciosas coisas vãs fundamentais. O lançamento será amanhã, no Paço Imperial, certamente com fila de admiradores desejosos de conhecer essa faceta nunca antes revelada do artista, contribuindo para o melhor entendimento de sua obra…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *