Despedindo de Gaiarsa

Morreu hoje, aos  90  anos, de causa desconhecida, José Angelo Gaiarsa, dos mais conhecidos e respeitados psiquiatras do país, figura fascinante, com mais de 30 livros publicados e prestes a lançar outro em novembro – Respiração, angústia e renascimento.  Foi por volta de 5h da manhã e acredita-se que ele estivesse dormindo.  Na década de 60, ele defendeu a liberdade feminina, em redes de rádio e TV. Também defendia o relacionamento aberto e questionava a ideia de a maternidade ser uma maravilha absoluta. Para ele, era a sujeira escondida embaixo do tapete da família a responsável pelas grandes neuroses do ser humano.  No ano passado, Gaiarsa recebeu a mais alta homenagem da Academia Internacional para o Desenvolvimento do Cérebro Infantil, com sede na Filadélfia: o prêmio “Estatueta com Pedestal”, pelo livro Educação familiar e escolar para o terceiro milênio. Nossa homenagem também a este grande homem, grande pensador das maravilhas & misérias humanas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *