Deputados europeus em missão no Brasil arriscam a vida e vão à Penha sem escolta

Chegou esta semana ao Rio de Janeiro uma Comissão Parlamentar Europeia, composta de 20 deputados e seus assessores. Vieram em missão junto ao Brasil e Mercosul. Na noite de quarta-feira, constava na agenda oficial do grupo um jantar na Casa de Viseu, localizada em uma das regiões mais perigosas da cidade: a Penha.

No meio do trajeto, os policiais da escolta foram avisados de que havia “ruídos” de risco no percurso e decidiram dar meia volta, não se responsabilizando se algum deles desejasse prosseguir sem a segurança.

Homenageado do jantar, o deputado português Fernando Ruas, ex-prefeito de Viseu, e os deputados holandês e espanhol, com dois assessores, decidiram ir à Penha mesmo assim e chegaram à Casa de Viseu, onde foram brindados com uma saborosa “punheta de bacalhau” (o peixe marinado).

Os parlamentares terminaram a noite sãos, salvos, bem alimentados e indignados com a “omissão” de sua escolta.

O fato passou batido na imprensa carioca, mas, por pouco, muito pouco, os parlamentares europeus não motivam notícia sangrenta das primeiras páginas dos jornais do mundo todo…

O deputado português Fernando Ruas, ex prefeito da cidade de Viseu, homenageado na Casa de Viseu, na Penha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *