Davos pode esperar…

Almoço de hoje no Quadrifoglio, a mesa de fundo tomada pelo chanceler, embaixador Antonio Patriota, e o primeiro escalão do Itamaraty, todos de gravata e barbudinhos, degustando um vinho branco Sauvignon do Chile o tempo todo – sem pressa para embarcar para Davos

Da uma hora da tarde até 15 para as três, quando meu “agente duplo” chegou e deixou o restaurante, lá eles estavam e permaneceram, belamente instalados, ainda com jeito de meio da festa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *