COMO FAZER O BEM E DAR O BOM EXEMPLO VESTINDO-SE DE CUP CAKE!

Ano terminando, dando os últimos suspiros, e a gente aqui catando os bons exemplos, selecionando o que de positivo houve para transmitir como saldo e levar na mochila das costas, para a travessia do calendário.

A Humanidade individualmente é na maioria boa, esta é a minha experiência de vida. O saldo é positivo. Gestos largos, expressivos, extraordinários. Gestos bonitos e generosos.

A Humanidade reunida em movimentos civis, ONGs preocupadas com o bem estar comum, é melhor ainda.

A Humanidade das Corporações, que se preocupam apenas com seu lucro, em detrimento de tudo e de todos, em detrimento da biodiversidade, da felicidade, da paz, da preservação das espécies, da nossa espécie, do próprio Planeta Terra, essa Humanidade é péssima.

A Humanidade que quer o Poder pelo poder e em nome disso vale tudo, as guerras, as invasões territoriais, os bombardeios, a manipulação da opinião pública, as torturas, as ditaduras, a tirania, é monstruosa.

Então, vamos buscar exemplos singelos, gestos pequenos de bondade, minúsculos até, que podem também modificar o mundo.

Como o da empresária do setor de cabeleireiros e estética, a luso-carioca Isabel Audi.
Nesse mês natalino ela resolveu fazer de seu próprio aniversário um modo de distribuir generosidades.

Pediu a todas as clientes – e elas são centenas, pois Isabel não tem apenas 1 salão  – que levassem brinquedos (“brinquedos novos!”, ela insistiu) para ela distribuir às crianças apoiadas pelo projeto Pró-Criança Cardíaca. Em troca, se vestiria inteirinha de Cup Cake e daria, em seu salão maior de Ipanema, o Cultura da Beleza, uma big festa de Cup Cakes. Assim fez. Vestiu-se de bolo colorido, até com candelabro na cabeça, e montou um  mega cup cake coloridíssimo e com laços, também de glacê.

O salão e o staff estavam decorados de rosa-choque, com bolas de gás e orquídeas. O frisson geral foi ao auge quando Isabel acendeu as velinhas do candelabro que usava como tiara nos cabelos, design do premiado cabeleireiro Giovanno Gamba. Foi aí que o salão pegou fogo. Mas não o penteado da Isabel, ainda bem!

As joalheiras Lea e Esther Nigri passaram para dar um beijo na amiga e levar muuuuuitos brinquedos para a criançada.

Outra que prestigiou foi Sura Motta, diretora Internacional da revista Noivas de Passarelle, produzida também em Espanha, Portugal, México, Suécia e EUA.

E a grande surpresa da tarde: os convidados que levaram brinquedos ganharam de presente massagens, como shiatsu ou drenagem linfática, ou peeling de Cristal no rosto.

Saíram de alma leve pela boa ação, de corpo em formo e rosto lisinho. Viram como o bem que a gente faz à gente retorna?

Fotos Elza Barroso

Uma ideia sobre “COMO FAZER O BEM E DAR O BOM EXEMPLO VESTINDO-SE DE CUP CAKE!

  1. Foi uma festa maravilhosa e glamourosa, a D. Izabel sempre de bom humor, e, pronta para novidades, fiquei Feliz em fazer parte da “equipe nota 10” do CULTURA DA BELEZA.

    BJS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *