Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan – parte 1

Com o ar condicionado funcionando a pleno vapor, casaram-se, na Igrejinha de São Conrado, na tarde de sábado, Anna Carolina Braile e Thomaz Malan D’Angrogne. Anna Carolina é filha de Alexandre de Albuquerque Braile e Anna Thereza Cabral, que, depois de um curto matrimônio, casou-se com Paulinho Vianna, que praticamente criou Anna Carolina. O noivo é sobrinho do ex-ministro da Fazenda Pedro Malan e Catarina

De avós,  Anna Carolina também é uma menina muito bem servida. Por parte de mãe, o ex-governador da Paraíba, Milton Cabral, e Myriam, figuras queridas da sociedade carioca. Myriam é filha dos saudosos Drault e Miriam Ernnany, famosos anfitriões do Rio, que receberam, em sua Casa das Pedras, do Alto da Boa Vista, várias personalidas importantes do século 20, inclusive chefes de estado estrangeiros. Outra queridíssima é a avó paterna (ou “padrasterna”) de Anna Carolina, Sonny Vianna, a bonita mãe de Paulinho, viúva do Paulo, amigo estimado e sempre lembrado. Sonny estava em grande forma,  vestindo cinza com brincos de diamante poderosos. Enfim, meus amores, só gente amiga e muito querida…

Igreja toda de decorada de flores nos tons de rosa, linda e singela.  A noiva  vestiu um belíssimo Guilherme Guimarães , branco em point d’ésprit cor-de-rosa, com um pequeno cinto rosa como as flores da igreja, o que provocou comentários do tipo se pode ou se não pode usar uma cor no vestido de noiva. Porque, meus amores, mesmo quando não há motivo, o mulherio antenado sempre arruma um jeito de discutir moda e comportamento…

Da igreja, uma comitiva de carros seguiu para a casa e Paulinho e Anna Thereza na Iposeira, que é uma beleza, beleza mesmo, até com uma pedra no meio da sala.  Houve engarrafamento na Estrada do Joá, no trajeto dos mais de 300 convidados. Uma tenda transparente foi montada ao lado da casa, com mesas e arranjos de flores brancas e rosa. O destaque eram os lírios “Tiger Lily” na cor rosa. Décor de Antonio Neves da Rocha, nem precisa dizer, e buffet Laura Pederneiras, combinação perfeita…

A mesa de doces espetacular, dentro da casa, fazia com que os convidados passeassem pela linda residência recheada com pinturas dos artistas que marcaram os anos 70, como Luis Áquila e Roberto Magalhães, presente ao casamento por sinal…

A festa atravessou o dia e a noite. Verdadeiro encontro de gerações. Padrinhos e madrinhas jovens e lindos. Destaque para Antonia Galdeano Levy Jerusalmi, de vestido vermelho, que herdou de sua mãe, Tanit, no DNA, a paixão pela moda. O lusco-fusco rolando e a festa entrado pela madrugada…

Fotos abaixo, de Marco Rodrigues

 

igreja interior Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan   parte 1

Interior da Igrejinha de São Conrado, decorada de maneira singela, em cor-de-rosa

a mesa de doces Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan   parte 1

A mesa de doces, forrada com mesa de renda Mariscot, da família, com doces nas fruteiras de cristal e nas pratas, com jeito simpático de coisa da dona da casa

Padrinhos entrando na igreja Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan   parte 1

Padrinhos entrando na igreja

Ana Carolina entrando na igreja entre o pai e o padastro Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan   parte 1

Ana Carolina entrando na igreja, entre o padastro e o pai, harmonia total, viva!

A noiva com a irmã Ana Beatriz e a mãe Ana Teresa Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan   parte 1

A noiva com a irmã, Ana Beatriz, e a mãe, Ana Teresa, que na verdade aparentam ser três irmãs

Alexandre e Ana Carolina Braile com o padastro Paulinho Vianna2 Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan   parte 1
Alexandre e Ana Carolina Braile com o padastro Paulinho Vianna, filho da querida Sonny

O noivo com os pais Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan   parte 1

O noivo com os pais

os noivos Casamento Ana Carolina e Thomaz Malan   parte 1

Os noivos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *