Brigitte Bardot, a bela que virou uma fera!

Elsa Gardengui é uma carioca cheia de espírito, que enriquece o convívio social em Milão com seu senso de humor, sua alegria e a espontaneidade. Quando ela surge numa recepção do high society milanês é como se um pedacinho ensolarado da Praia de Ipanema adentrasse pelo salão, todos ficam excitados, contentes, e logo chamam, “Elsa”, “Elsa”, querendo tê-la em seu grupo, para ouvir suas novidades divertentes.

Mas não é apenas quando fala que Elsa nos diverte. Também quando escreve, com seus relatos inspirados, ela nos faz rir. Por isso, não resisto e compartilho com vocês este último email de Elsa, que deveria ficar restrito ao nosso arquivo de correspondências pessoais ao lado de tantas outras histórias e fotos deliciosas que guardo dela ao longo de muitos anos de nossa amizade…

“Hilde querida,

Soube que você faz progressos todo dia em sua cirurgia das células tronco.

Passei 10 dias dias em Saint Tropez na casa da minha amiga Hillary, aquela americana divina que você conheceu aqui em Milão, e estava ótimo. Nadamos e tomamos sol, junto com nossos amigos Droulers, proprietários da Villa D’Este de Como, que estavam hospedados na casa da Cordelia Mello Mourão.

A parte mais divertida foi quando Hillary e eu saímos procurando essa casa, muito bem escondida na Baie des Canebiers, num matagal de canas, com uma estradinha de terra que tivemos de percorrer a pé e, de repente, vimos aparecer atrás de nós uma velha histérica, num carro cheio de cães, que gritava: “O que é que vocês estão procurando aqui?”. Eu disse: “A casa da Cordelia”. Aí ela se acalmou e disse: “À coté de moi!“. E lá seguimos de seu lado, como ela mandou. E sabe quem era a “velha maluca”? Brigitte Bardot! Ela mesma!

Te mando uma foto da casa da Cordelia e a outra, bem mixuruca, é a casa da Brigitte!

Beijo grande, fica boa logo!

Elsa”

elsa Brigitte Bardot, a bela que virou uma fera!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *