Brasil perde a cadeira no Comitê Olímpico Internacional, na véspera das Olimpíadas!

No próximo dia 17 de março de 2012, às vésperas dos Jogos Olímpicos em nosso país, o Brasil deixará de ser membro do Comitê Olímpico Internacional. É que, naquela data, Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, fará 70 anos e, pelos estatutos do COI, nenhum membro do comitê internacional pode ultrapassar essa idade…

Quando se deu conta desse fato, Nuzman quis até evitar tal calamidade, reunindo outros membros que, como ele, se aproximavam das sete décadas, para tentarem juntos mudar as “regras do jogo”. Mas a cúpula do COI se manteve irredutível. Assim, vamos passar pela situação esdrúxula, inacreditável mesmo, de promovermos aqui os Jogos Olímpicos, sem contudo pertencermos ao Comitê Internacional, sem termos qualquer ingerência nele!…

Quanto ao Comitê Olímpico Brasileiro, o COB, certamente não criará problema de idade para seu todo poderoso presidente Nuzman. O que aconteceria em outro país? Provavelmente o comitê nacional elegeria um novo presidente com menos idade, para continuar a pertencer ao board do COI, sobretudo estando na bica de sediar as Olimpíadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *