BRASIL ENTRA EM CAMINHO SEM VOLTA: QUE PARIS TENHA MUITOS APÊS CHARMOSOS PARA ACOLHER A TODOS OS OMISSOS

Recebo diariamente comentários carregados de ódio contra José Genoíno, que me abstenho de publicar até por vergonha de seu teor, vergonha pelo desequilíbrio e o descontrole dos remetentes. A falta de discernimento, querendo atribuir a este homem combativo todos os males do país. Daí que a prisão não basta. É preciso a morte. A imolação final. A cruz.

É preciso a volta das torturas. Da ditadura. Este, o subtexto das tantas mensagens enviadas.

A que ponto essa mídia manipuladora, essa pseudo esquerda democrática, esse suposto “centrão” levaram o nosso país!

A que abismo a omissão daqueles que poderiam se posicionar, protestar e agir, está levando a nossa Nação.

A quanto estamos chegando com o silêncio dos nossos formadores de opinião influentes, nossos artistas politicamente conscientes e articulados. Os intelectuais, pensadores, jornalistas de porte.

São tão poucos os que ousam falar, se manifestar. Um, dois, três, quatro ou cinco. A pasmaceira, a imobilidade, o acomodamento prevalecem. O Brasil que pensa e raciocina está congelado, em estado de letargia.

Os com bagagem intelectual, política, de memória, conhecimento histórico e político para se manifestar se calam. Certamente envelhecidos, provavelmente acomodados, talvez acovardados, quem sabe desesperançados.

Os jovens de nada sabem. Não viveram a História recente do país. Não lhes deram a chance de saber. Lhes sonegaram o conhecimento nas escolas sobre os fatos. O patriotismo caiu em desuso. Os sonhos globalizaram. Soberania virou palavra empoeirada que se encontra no sótão – se é que ainda existe sótão -, dentro de algum baú – se é que há baú -, no interior de um papel amarelado, se houver ainda alguma folha de papel sobrevivente nessa era digital.

Os velhos sábios não falam. Se calam. Voam para Nova York, refugiam-se em Paris. Precisamos dos velhos, imploramos aos velhos. Falem, reajam!

Não é questão mais de uma posição partidária, trata-se de uma postura de Soberania brasileira, de Pátria, de Estado de Direito.

Triste ver crescer sobre nosso Céu, nossos tetos, nossa alma, nossos ambientes, nossa consciência, a mancha escura da obtusidade, do receio da livre manifestação, do silêncio, do embrutecimento coletivo. Do medo.

Quando eu me vejo, aqui, escolhendo palavras para não resvalar num erro, num equívoco, num excesso que me possa custar a liberdade ou que me valha antipatias graves, retaliações, sinto a gravidade do momento que estamos vivendo.

Quando uma única cidadã de bem não respira a liberdade, a Pátria não está mais livre.

Quem permitiu, por omissão, inoperância, ambições e conveniências políticas que o Brasil caminhasse para trás, chegando a tal retrocesso de consciência, a ponto de apagar os méritos de sua própria História e ao extremo de aclamar a vilania de seus opressores, ainda vai se arrepender demais. Pagará alto preço por isso. Estamos entrando num caminho sem volta. E que Paris tenha muitos apartamentos charmosos para acolher a todos os valorosos omissos.

Perdoai-os, Senhor, por sua omissão!

 

119 ideias sobre “BRASIL ENTRA EM CAMINHO SEM VOLTA: QUE PARIS TENHA MUITOS APÊS CHARMOSOS PARA ACOLHER A TODOS OS OMISSOS

  1. Concordo com td seu texto e vejo q poucos tem a coragem de se levantar contra os abusos por receio da campanha intensa e difamatória q virá da mídia. Hj se estipulou na imprensa q se alguém for favorável ao PT ou a qualquer dos condenados (q sejam do PT) será execrado. Pq ñ basta a pena da pseudo Justiça, q vivemos hj, a imprensa os condenou a pena de infâmia, seus familiares, amigos e simpatizantes deverão sofrer pq seu nome estará marcado.

    • Texto e postura de cidadã, Hilde. Coerente com sua mãe,seu irmão,sua história. Estou com você. Não somos ´livres . A pena de morte imputada a Genoíno, nos deixam sufocados . Sofro porque não tenho a autoridade em dar um basta.

      • Corajosa Hildegard!
        Quem teve mãe e irmão assassinados pela ditadura não pode mesmo se calar.
        Infelizmente essa ditadura, uma das partes mais abominável da nossa história, teve o apoio incondicional dos mesmos barões da mídia que aí estão pautando o noticiário e até mesmo os tribunais. Claro que contou com o apoio e simpatia das elites reacionárias, que defendiam seus interesses, e de uma classe média obtusa e desinformada, até porque a nossa história foi, e continua sendo, contada de forma distorcida, mentirosa e leviana.

    • Todo o ladrão público (peculato, formação de quadrilha, corrupção, etc., sem interessar a cor partidária onde buscam seu “mimetismo”, devem ser considerados infames. Banidos da política, para sempre. Punidos administrativa, civil, penal e politicamente.

      • Concordo, porém quando o acusado consegue provar que nada tem a ver com o caso, que um ministro “condenaram pois a literatura jurídica assim o permitia, mesmo não tendo provas”, o que você acha disso?

        • Então pense na condenação feita por Fux, ao afirmar “Não tenho provas para condenar, mas o réu também não conseguiu provar sua inocência, portanto o condeno”!
          Isso é abominavél

  2. Sei não, Hilde (desculpe-me pena intimidade forçada pela não presença virtual)… neste caso tenho que discordar de você.

    Na parte que me toca, o Brasil segue no mesmo caminho que o trouxe até aqui. O país continua sendo um Estado construído mediante a exclusão do povo com a garantia de privilégio para alguns. Isto explica porque o STF espera Roberto Jefferson ir visitar José Genoino na prisão e o CNJ/Senado fazem de conta que o petebista não foi condenado e que JB não comete uma grosseira ilegalidade ao não tratar dois réus da mesma maneira.

    Quanto à tortura, que me desculpem os humanistas, os fracos de coração e os carentes de indignação, mas não sou capaz de demonstrar nenhuma piedade ou perdão pelos soldados e policiais que torturaram e mataram prisioneiros durante a Ditadura (até porque os criminosos continuam a se vangloriar dos seus crimes e ainda não foram punidos como mereciam).

    Tanto que ontem enviei mensagem a CNV dizendo que, na parte que me toca, preferia ver o prédio do DOI-CODI em São Paulo reativado para que os militares e policiais que cometeram torturas durante a Ditadura pudessem ser submetidos a sessões de “pimentinha”, “telefone”, “submarino”, “pau-de-arara” e etc…

    As sessões de “justiçamento retributivo” teriam que ser públicas, porque estes merdas tem que ser vistos sofrendo o mesmo mal que provocaram. Simples assim…

    Os omissos que eventualmente fugirão para Paris talvez tenham mesmo que fugir. Mas por um outro motivo: dinheiro roubado em São Paulo e cocaína transportada por helicóptero no Espírito Santo (coisa pouca, só 450 kg para uso próprio nas eleições).

  3. Me sinto livre para comentar sobre isso porque não tenho ligações com o PT nem como qualquer outro partido político. A verdade é que essa gente que quer ver os petistas presos e até mortos, não faz isso porque é defensora da honestidade, da transparência no bom uso da coisa pública. Essa gente sempre conviveu muito bem com a corrupção, com a roubalheira, durante décadas, séculos. Essa gente é a mesma que tolera falcatruas, rombos de banqueiros, de empresários e de políticos que são amigos. O que eles querem de fato é destruir a imagem e o legado do ex-metalúrgico e pau-de-arara, Lula. Essa gente sórdida, egoísta e imoral, não tolera a ideia desse cidadão, sem formação superior, ter melhorado a vida de milhões de brasileiros. Já fizeram isso com Getúlio Vargas e com João Goulart, inventando as mais sórdidas e vergonhosas acusações para desacreditá-los junto ao povão.

    • Concordo com você, só que tenho que acrescentar que aqueles que nunca ousaram dar um pio a respeito de politica hoje entram na esmagadora maioria burra. Repetem o que é dito milhões de vezes sem medo de falar bobagem pois estão respaldados pela grande massa manobrada. Discordar é tarefa árdua, quase hercúlea. Quando houver mais gente discordando estes ignorantes politicos voltam aos buracos de onde surgiram.

    • Legado de ex-metalúrgico, que enriqueceu da noite para o dia.
      Que não fez bem nenhum ao Brasil, a não ser aos Banqueiros e empresários. Esse homem, que se dizia ”POVÃO”, que iludiu o povo com o curral eleitoral chamado BOLSA FAMÍLIA, e hoje alimenta um bando de vagabundos!! Que sempre se fez de idiota perante a Nação, dizendo não saber das falcatruas cometidas embaixo do seu nariz, pelos seus colaboradores do PT. Quem tem boas intenções cria empregos,investe nas frentes de trabalho, na educação,saúde e desenvolvimento do País. Querer compará-lo a Getúlio Vargas é até uma ofensa!!Getúlio Vargas criou condições e melhorias de trabalho, para o povo e não roubou nem 1/3 do esse Pseudo partido chamado PT. É lamentável tal comentário Senhor!!

      • Você demonstra uma inteligência aguda e um conhecimento profundo da atualidade brasileira. Meus entusiasmados parabens. Fazer o quê?

      • Alder só acrescento uma coisa ao seu perfeito comentário.
        Penso que a manipulação exercida pela mídia é muito fértil pois encontra cabeças e corações pobres, mentes obstruídas pela ignorância, cabeças não-pensantes sem nenhuma autonomia e o pior, almas invejosas. Eu nunca me ative a esse conceito de inveja, sempre achei bobagem, mesmo quando Lacan introduziu na psicanálise. Lendo os comentários dos tais “coxinhas” e vendo o comportamento raivoso desse lumpezinato político só posso atribuir tal ódio, tal ranço, tal fel, tal amargor à maldita inveja, considerada a pior das vicissitudes humanas pela teologia católica. Dói muito prá esses coxinhas verem o pais ser literalmente transformado por um operário. Ao Lula se dirige uma carga de ódio e inveja tão avassaladora que só pode ser contraposta pelo oposto que ele recebe em gratidão pelas pessoas serenas que tanto o idolatram. Em suma, como vive num pará-choques de caminhão “a inveja é uma merda” (hoje essa merda tem formato de cozinha)

      • Lys Mello, não se pode mesmo comparar Lula a Getulio Vargas. Lula foi eleito democraticamente por duas vezes à Presidência da República

        Getulio Vargas foi, por quinze anos, um ditador cruel simpatizante do nazismo. Não há termos de comparação.

        No mais, o PSDB está dando pitis porque se diz o verdadeiro dono do Bolsa Familia, que pretende transformar, caso Aécio seja eleito, em “politica de estado”.. Este mesmo Bolsa Familia, por sinal, elogiadíssimo pela ONU, Bélgica, Alemanha e Itália e atualmente adotado na Rep Tcheca.

        Sdsd não -petistas.

        • Alex, é necessário corrigi-lo. Vargas governou o país, inicialmente de 1930 à 1945. De forma ditatorial ( “ditadura” naquela época tinha uma conatação diferente da que passou a ter anos depois) a partir da Constituição de 1937, apelidada de “Polaca”. Portanto, a ditadura Vargas foi de 37 a 45 quando foi deposto. Vargas volta em 1950 eleito democraticamente e foi levado ao suicídio em 1954 pelas forças políticas de direita.

      • Quando se lê um comentário desse, percebe-se como as pessoas estão sedentas de ódio contra uma pessoa que só procurou lutar por um Brasil mais igual, onde quem tivesse fome, poderia ter uma refeição pelo menos uma vez ao dia. Como dizia o Betinho: “Quem tem fome tem pressa.” Nisso o nosso Lula cumpriu a risca. Os outros comentários são pura ilações.

        • Não me interesso se essa Tatiana é senhora ou senhorita,apenas sei que é reacionária e inculta. Não tenho tempo de dar luz a cegos.

      • Lys, apenas um alerta neste período natalino. Quando assistir à propaganda da Coca Cola que apresenta o Papai Noel trabalhando na sua linha de produção, não acredite de imediato que a cena ali montada trata-se de algo real. Tente refletir.

      • Olha Lys Melo, acho que você deveria assistir menos a rede globo, ler menos a veja, e informar-se melhor sobre o que você chama de curral eleitoral, a BOLSA FAMILIA, o programa de distribuição de rendas premiado mundialmente, copiado pela maioria dos países ” de primeiro mundo”, e também sobre a criação de empregos no país. Fazem muitos anos que o Brasil não atinge tão grande porcentagem de brasileiros empregados com a CTPS assinada, na formalidade, e não como até poucos anos atrás, que trabalhava-se muito, mas na informalidade, com sub empregos. Que tal cobrar dos prefeitos o investimento certo do dinheiro que o Ministério da Saúde manda aos prefeitos para o funcionamento do SUS? E quanto ao enriquecimento súbito de Lula, um ex metalúrgico, já tem gente respondendo criminalmente por estas invenções sobre a fortuna da familia Lula. Informe-se melhor, pare de ler a veja, e de assistir ao jn.

      • Parece que não vivemos no mesmo país! Está mesmo difícil pagar qualquer salário miserável… Está mesmo difícil explorar sem limites o trabalho alheio… Porque mais empregos são criados, porque o crédito está mais acessível e, para sua infelicidade, os aeroportos são frequentados por gentes diferentes que agora podem comprar uma passagem aérea. Como é bom viver num país que trata bem seu povo. Percebe? Você não vive no mesmo país que eu! Eu vivo no Brasil. E gosto das mudanças que estão acontecendo.

      • Prezada Lys Mello, corre avisar a Globo que o Lula enriqueceu da noite para o dia. Eles vão adorar essa informação. Aproveita e diga que Lula estava no ‘Helipóptero’ do Perrella…

      • Percebe-se o quão és um papagaio de pirata da GRÔBÚ, VEIJHA, FOIA, BRAND …. mesmo né COXINHA???!!! Até as palavras são iguais dos GROBAIS manipuladores!!!!

    • Republicando pois o texto saiu em lugar errado.

      Alder só acrescento uma coisa ao seu perfeito comentário.
      Penso que a manipulação exercida pela mídia é muito fértil pois encontra cabeças e corações pobres, mentes obstruídas pela ignorância, cabeças não-pensantes sem nenhuma autonomia e o pior, almas invejosas. Eu nunca me ative a esse conceito de inveja, sempre achei bobagem, mesmo quando Lacan o introduziu na psicanálise. Lendo os comentários dos tais “coxinhas” e vendo o comportamento raivoso desse lumpezinato político só posso atribuir tal ódio, tal ranço, tal fel, tal amargor à maldita inveja, considerada a pior das vicissitudes humanas pela teologia católica. Dói muito prá esses coxinhas verem o pais ser literalmente transformado por um operário. Ao Lula se dirige uma carga de ódio e inveja tão avassaladora que só pode ser contraposta pelo oposto que ele recebe em gratidão pelas pessoas serenas que tanto o idolatram. Ele está de pé pois o bem (amor das pessoas) sempre vence o mal (ranço dos coxinhas). Em suma, como vive num pará-choques de caminhão “a inveja é uma merda” (hoje essa merda tem formato de coxinha)

      • Eu só queria entender o que fazem aqui essas pessoas que tanto detestam o Brasil. O mundo é tão grande…

    • Alder Oliveira de Lima e Silva, você nem imagina o quanto seu comentário me fez feliz e me deu um pouco de alento, nesse momento particularmente difícil, para quem ajudou a criar o Partido dos Trabalhadores e apesar de admitir que muitos erros foram cometidos, ainda acredita que ele continua sendo o melhor para o Brasil e para o povo brasileiro. Obrigada pela lucidez.

  4. Foi com tristeza e reconforto que li o seu artigo que é um chamamento à consciência…Tristeza porque é a mais pura verdade e é com horror que constatamos a verdade do que vc escreve. Navegando hoje, tive que parar por uma dor no estômago, ao me dar conta que se não fizermos algo urgentíssimo, Genoíno morrerá e a Nação brasileira também. Percebemos já há algum tempo a fascistização dos pronunciamentos, do “hurras!”, “morte à eles”… e nada, nada sendo feito, DE CONCRETO, para que isso não ocorra. Algumas denúncias aqui, outras acolá. Porém, quem tem o poder midiático de pronunciar-se, se cala.
    Genoíno vai morrer e outros estarão na prisão!
    Sinto reconforto porque vc deu voz ao que vinha sentindo… e todas as ponderações sobre as conveniências de não acirrarmos a “coisa” vem me enjoando e me vejo numa situação kafkaniana…
    Horror e espanto.
    Grande abraço em vc e obrigada pelo texto.

    .

    • Fico impressionada com a volta da inquisição. À fogueira com eles! Gente, será que uma pessoa é tão idiotizada a ponto de ter tamanho ódio, chegando a pedir morte por fuzilamento?! Eu prefiro ainda pensar como Jesus Cristo: em se falando de corrupção, aquele que não tem rabo preso dispare o primeiro tiro. Há pessoa que realmente acreditam que o PT inventou a roda. Na realidade o PT é vítima de uma imprensa corrupta que deseja ter de volta, ao poder, o que há de mais sórdido na política. Peço que antes de pedir o fuzilamento, passe uns dez dias sem se informar através de alguns meios de imprensa e leia mais sobre a opinião de alguns juristas atuais sobre o caso, para deixar de ser mais um componente da massa burra, ou seja; um Homer Simpsom.

    • Sra. Maria o fuzilamento é para os políticos do escândalo do metrô, das doações do patrimônio público nas privatizações, da compras dos votos para a reeleição? Ah! caso tivesse discernimento já tinha percebido que não houve mensalão, o dinheiro da Visanet é particular e, houve sim, caixa2, que não começou com o PT. A Sra. é o alvo certeiro do segmento vil da nossa imprensa.

      • Estou horrorizado com o facismo tavestido por essa midia nojenta de “Jornalismo isento”. Já ficou cada vez mais nojento ligar a televisão nos principais telejornais. O pior é que em pleno século XXI, somos obrigados a presenciar estarrecidos, o maniqueísmo de um Supremo totalmente envolvido nesse que foi na minha opinião a tentativa mais execrável de golpear o estado democrático de direito, e sendo negro, eu gostaria de estar aqui enaltecendo o cidadão que foi colocado na Suprema Corte justamente para quebrar tabus, como os governos do PT vem fazendo em outros segmentos, como na educação com o PROUNI, PRONATC, etc… (só pra citar um exemplo), para mostrar pra essa elite terrorista e golpista que todos somos iguais e portanto temos que ter as mesmas oportunidades. Mas foi justamente o 1º negro a colocar os pés no “seleto” grupo de juristas, “defensores” da Constituição, repito, conduzido pelo ex presidente Lula que fez o papél rasteiro de ser o tirano do que nós, que fugimos a todo momento dos horrores da manipulação da midia, chamamos de atentado violento a alguns dos principios basilares da nossa constituição.. O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO.

        Aqui quem fala é um cidadão brasileiro, servidor público federal, negro, de origem humilde e que lutou muito pra chegar onde chegou, assim como o cidadão Joaquim Barbosa, mas que jamais cometeria um atentado contra a dignidade humana como esse senhor que recebeu a tóga da suprema corte para protagonizar junto com uma oposição imoral e uma midia ao meu ver, totalmente desprovida de boa fé aquilo que classifico estarrecido de momento mais negro da nossa “Democracia”.

        • Minha televisão serve de caixa de som pra ouvir disco pelo DVD. Jornais, só os de bairro entram na minha casa. E a revista Veja, ah, a revista Veja, veja você: chega à minha casa e à da vizinha, todas as semanas, gratuitamente, por sermos ex-assinantes (faz pelo menos 10 que a abandonamos). E sabe por quê? Primeiro, para enganar o IVC – Instituto Verificador de Circulação. Com o número de assinantes em queda livre, distribuir é um modo de “sumir” com o encalhe e continuar agregando valor ao camarote das suas páginas: quanto maior o público, mais caro o anúncio, para quem não sabe. Segundo, pra pegar leitores que vão se sentir importantes por ser “escolhidos” para a chamada “degustação” (experimente, e assine, você é dos nossos, um ser especial e visionário!) Terceiro: dentro do conceito panfletário, panfleta-se à larga. Tudo isso vale também para os jornais, aqueles… A diferença? Estes servem pra embalar peixe. Aquela, nem pra isso. Não fossem esses veículos de comunicação tão nocivos aos incautos, poderíamos simplesmente nos deleitar com as piadas que produzem. Viva a zelite brasileira!

        • Perfeito o seu comentário. A VAIDADE e SOBERBA logo se transforma em ARROGÂNCIA, e foi nisso que esse senhor se transformou. Está se achando o imperador. Esse julgamento foi e é político, nada além disso.
          Esse ódio imposto pela mídia rale deste país está incutindo nessas mentes vazias de saber. Nada leem, sabem nada de história, muito menos da verdadeira história deste Brasil. Sobre política, ai que a vaquinha cai no brejo mesmo ( é cair mesmo, pq ir já foi faz tempo), são pura ignorância. São as mesmas que rotularam a minha geração de “comunista” pq foi pra rua pedir DEMOCRACIA, liberdade pra cidadãos presos e torturados nos porões de uma ditadura cruel e fascística. Sabem nada de nada de Brasil, aliás nem querem saber. Parabéns a todas as pessoas lúcidas que aqui postaram seus comentários.

    • Sra Maria Stroobants, pelo visto a senhora seria a primeira a atirar uma pedra em qualquer linchamento, só para sair no Datena ou então porque a maioria também pensa como a senhora. Já pensou na possibilidade de tentar enxergar a verdade com os seus olhos (deixando o preconceito de lado) e não com os olhos da Veja, do JN e de todos esses jornais que não engolem ter um Brasil governado pelo PT? Se a senhora for da elite eu até entendo o seu ódio (apesar de não justificar), mas se for de classe média ou ainda mais uma trabalhadora, desculpe mas a senhora não existe para o PSDB, viu? Sinto lhe informar isso!

  5. Assino embaixo, Hildegarde.
    E tenho manifestado o quanto posso, onde posso, da maneira que posso.

    Desolada,
    Andrea Loparic

  6. Estimada e queridíssima amiga Hilde
    Salvo segredos do poder que nós simples leitores não sabemos, creio que todos os cidadãos do bem como eu não querem a morte a imolação ,a cruz para ninguém,já que Jesus fez este sacrifício por todos nós, queremos apenas que cessem as regalias do poder e que Genoíno seja tratado igual aos milhares de prisioneiros do país.
    grande e afetuoso abraço,seu amigo p qualquer hora, Toninho Vieira

    • Queremos também que não haja diferenciação no tratamento pelo STJ, pela camara ou senado e pelos cidadãos comuns aos politicos de todos os partidos e pela grande formadora de opinião (grande imprensa) . Consciência é o que se precisa para ter absoluta certeza que se não fosse um politico de esquerda ou do PT se sua reação, cidadão, seria absolutamente igual.

    • Sr. Toninho, o Genoíno , caso o julgamento tivesse sido justo e dentro das leis, não teria sido condenado. Ele simplesmente assinou um contrato de empréstimo e que o mesmo foi quitado. Como o jogo era de cartas marcadas, não adiantou o advogado dele, na peça de defesa, argumentar. Ele não está tendo regalias nenhuma, pois se tivesse, não teria sido preso sem o processo ter transitado em julgado, sabia?

  7. Ótima avaliação e projeção da vontade de partes da Elite econômica e cultural do país, no entanto uma nova pauta se anuncia e ela está muito imbricada com a pauta em tela, trata-se do projeto de por qualquer preço para a nação extirpar o PT do governo federal, nem que…….
    tenham para isso buscar alianças pessoais e políticas com setores do crime organizado, como está claramente demonstrado neste episódio do helicóptero de 3 milhões de reais, subtraído pelo piloto, funcionário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, cargo de assessor parlamentar, portando 432 quilos de pasta base, helicóptero abastecido por 6 mil e quinhentos quilômetros com verba pública…

    esta investigação nunca existiu, é uma apreensão no susto, portanto muita matéria vai fornecer, mas nós com ela vamos dar o troco pelas injustiças e julgamentos de exceção, patrocinados por uma oposição vingativa e uma mídia prima rica da ditadura civil e militar que a enriqueceram e a complexizaram esquizofrenicamente como os todo poderosos do Brasil, dona dos destinos da nação.

  8. Admiro a Sra. pela sua coragem expor suas convicções, admiro a luta da sua mãe e chorei demais vendo o filme, depois fui ler o livros, pesquisei a luta incansável dela na busca de um filho. Não era apenas uma mãe, ela representava todas as mães do Brasil que tiveram seus filhos mortos por um regime ditatorial. Admiro o seu irmão como se admira um herói, um combatente que morreu sem chance de se defender, contudo não posso deixar de discordar de algumas opiniões escritas na coluna, mas isso é apenas a minha opinião. Sou contra o linchamento público de qualquer pessoa, mas não podemos fechar os olhos para o que está acontecendo. Gostaria de ver o Presidente Lula na TV fazendo a defesa dos até então, seus amigos e correligionários.

    • Como ele vai defender os companheiros se ele tb tem culpa no cartório . Vc acha que ele como presidente da república não sabia de tudo que ocorria com os companheiros? Essa dele dizer que não sabia de nada, não entra em minha cachola, por isso acho que todos eles não estão pagando inocentes.

  9. Parabéns, Hilde, por sua independência intelectual e valores humanos apurados. Alguém já apontou que toda essa caça às bruxas sem limite, direcionada unicamente ao PT e a seus aliados, se assemelha em muito ao que é descrito por Ionesco em ‘O Rinoceronte’ – os homens e mulheres de uma cidade de repente criam couraças e começam a agir como bestas, correndo enfurecidos pela cidade que vêem os seres humanos normais – assim como tudo que se encontra à sua frente – como seus inimigos. Foi o que ocorreu no período inicial do nazi-fascismo, na Europa …

  10. Basta ver a capa da veja, dos 23 condenados, SOMENTE 3 NA CAPA, PQ SERÁ?? CADE OS OUTROS 20?? E OLHA Q TEVE O ASSESSOR DE UM DELES Q FOI FILMADO PEGANDO DINHEIRO NOS CORREIOS, CONTRA OS 3 DA CAPA DA VEJA, Ñ SE TEM NENHUMA FILMAGEM.

  11. Acabei de postar sobre isso.

    “No Brasil, tenho a convicção de que esse protagonismo maior do poder judiciário, para o bem ou para o mal, veio para ficar. É algo definitivo”,

    ” o século 19 pertenceu ao poder legislativo. O século 20, do Executivo. Agora, chegou-se ao século do Judiciário, o da luta pelos direitos gerais, seja através da ação política ou da Justiça. Daí a importância do poder judiciário na concretização desses direitos do homem.”

    Muito preocupante, mesmo; sobretudo, vindo da única voz sensata da Corte. É, claro que, com relação ao receptor, cada um decodifica as mensagens em função de seus próprios valores, anseios e/ou percepções, portanto, o texto em destaque pode significar tanto uma simples constatação do momento quanto um alerta. Mas o inverso tb é verdadeiro e, dependendo de quem emite a mensagem, o peso do conteúdo ganha contornos distintos. A mesma declaração vinda de MAM ou GM, soaria como simples provocação; vinda de JB, campanha política; de Fux… Bem… aí é Fux… não conta…

    O problema é que vinda do Ministro Ricardo Lewandowski, não dá para desconsiderarmos; o que significa, a meu ver, que temos um problemão… O protagonismo numa democracia, deveria ser da sociedade, através de seus representantes ELEITOS e, até onde eu me lembre não elegi nenhum membro do Poder Judiciário de instância nenhuma para me representar.

    A defesa do Estado Democrático, pressupõe a defesa, inclusive, da independência do Poder Judiciário e, foi nesse sentido que os próprios réus da AP 470, orientaram a militância a debater posicionamentos mas não atacar a Instituição, na medida em que não há que se falar em democracia sem judiciário ou com um judiciário inoperante.

    Até aqui, normal… mas, caso haja a possibilidade do protagonismo de um dos Poderes, ou seja, a quebra do pacto de harmonia e independência, entre os três, seguramente, não será o judiciário que assumirá o protagonismo político a menos que se aceite como natural a exclusão da sociedade do processo político.

    Mais uma vez, faço minhas as palavras do professor Adriano Pilatti, no Ato em defesa de José Dirceu, promovido pela CUT/RJ, no auditório da ABI. ” Eu nasci e fui criado numa ditadura e não vou morrer em outra.” Eu tb não vou e não quero isso para minhas filhas. Portanto, na luta pelo Estado de Direito, defenderei os três poderes mas caso um deles, seja destacado para ofuscar os demais, o judiciário será o último a contar com o meu fuzil.

    A boa notícia é que, pelo menos, o próximo comandante do exército adversário não é um louco furioso como o atual que, a cada dia, vai ficando mais evidente, foi destacado, APENAS para comandar a “invasão” . A ocupação, portanto ficará a cargo de um comando de perfil mais colonizador do que explorador. É… e essa é a “boa” notícia… Pelo jeito, nossas lideranças não são presos políticos e sim, prisioneiros de guerra.

  12. Parabéns, Hildegard! Suas palavras só confirmam o que vc representa; quando ativa sua voz faz vibrar os ideais de seu irmão e mãe, figuras tão importantes para a construção de um Brasil democrático e justo.
    Vc honra esse DNA de força, luta, equanimidade, solidariedade

    Bjs e obrigada
    Ana

  13. por favor Angel

    me diga quem são os “Os velhos sábios não falam. Se calam. Voam para Nova York, refugiam-se em Paris. Precisamos dos velhos, imploramos aos velhos. Falem, reajam!”

    grata

  14. O que eles querem é que desanimemos. Não conseguirão! Enquanto tiver sangue correndo pelas minhas veias, sempre e onde estiver e for necessário, bradarei em alto e bom tom sobre as injustiças descomunais a que estão sendo submetidos esses dois homens estóicos, que já entraram ainda vivos para a história do Brasil como heróis. Eles não se abatem, estando presos. Sigamos seus exemplos! Viva os dois Zés!

    • Heróis?……não meu amigo;…só se for seu herói……meu e de centenas de milhares de brasileiros, não são nossos heróis;…..herói para mim, é o coitado do trabalhador brasileiro que pega várias conduções até chegar ao seu trabalho, para no fim do mês ganhar uma miséria……herói é o coitado do paciente do SUS que fica horas em uma fila, para ser “mal e porcamente” atendido por médicos que também são mal remunerados ;……não me faça rir…..o conceito de herói de centenas de milhares de brasileiros é muito diferente do seu……

  15. Não somos nós reles eleitores dessa turba de irresponsáveis que quer ver A,B,ou C presos, nós queremos sim a nossa soberania que foi vendida, a nossa história que sempre foi deturpada, flutuando e sendo contada de acordo com os interesses de quem esta no comando, nós queremos os nossos direitos garantidos, não apenas as migalhas que nos jogam com o intento de acalmar a fúria quando essa sai do controle. Quem quer ver A, B, ou C presos são eles mesmos, os políticos que se acham donos do país e que brigam como grileiros quando um invade o espaço do outro. Infelizmente apartamento charmoso em Paris é para poucos, a nós, reles cidadãos de segunda, sobrou o refúgio nas favelas e periferias das cidades

  16. Sim, os velhos já estamos arrependidos, com certeza, pelos erros cometidos, por não termos deixado as lições daquilo que tanto lutamos para conseguir!
    Acomodamos, acreditando ter alcançado a liberdade tão sonhada, tão lutada, tão torturada e morta … perdemos a noção do que queríamos ou não soubemos o que fazer quando a tivemos?

    Uma pena!
    O preço será caro e já está sendo cobrado de alguns.

  17. DE TUDO QUE SE LÊ E TUDO QUE SE COMENTOU, CHEGA-SE A UMA CONCLUSÃO DE QUE TODA MOEDA TEM O VERSO E O REVERSO !

  18. Este texto é extraordinariamente pertinente à nossa época, momento divisor de águas, o que nos espera do outro lado desconfio não ser algo agradável se não houver uma FORTE mobilização daqueles que participaram de movimentos como DIRETAS JÁ e outros…

  19. Olá, Hilde !
    Texto maravilhoso! Obrigada.
    Sim , te agradeço como cidadã brasileira e irmã de pátria. Te agradeço por tu fazeres parte do grupo de brasileiros, que utiliza-se de seu espaço e reconhecimento na mídia, para contribuir para com a nação.
    Estamos , todos , carentes de fontes de informação confiáveis,imparciais e apartidárias.
    A população , há anos e cada vez mais, tem sido lesada diretamente nos seus direitos à verdadeira e completa informação do que acontece no Brasil. A velha mídia está tolhendo do cidadão o direito de conhecer e participar livre e ativamente ,de sua história.
    Então, diante desta tua manifestação , eu novamente tenho que te agradecer.
    Tenho utilizado o Facebook para esse fim. O meu lema tem sido ampliar dia a dia minha rede de amigos, chamando-os para, juntos e em número cada vez maior, espalharmos as verdades que o oligopólio da mídia omite, deturpa , decepa. É o que temos ao nosso alcance…
    Espero, que o teu ,como o de alguns magistrados,jornalistas e intelectuais que já se manifestaram ,seja

  20. Acho louvavel o seu questionamento, moro fora do Brasil e como Brasileiro acompanho atraves da midia, de amigos, e de outros meios. sobre o Brasil e confesso! Estou com medo! com medo da ignorancia, da falta de consciencia, da falta de educacao nos estudantes, nas pessoas normais e todos. Medo de tudo! estou com minhas passagens compradas porem estou tomando remedio para aguentar tudo isto porque me indigno com a nossa sociedade Hipócrita, cega, ignorante a qual tanta vezes achei que seria a unica capaz de salvar o Brasil.
    Vamos a avante mais voltar a morar no Brasil. Nao retorno! Digo isso com pesar no Coracao. abcs

  21. Querida Hildegard Angel,
    Eu não saberia dizer, o que sinto nesse instante, melhor do que você. Todas as preocupações que lhe afligem, tiram também o meu sono, desde que essa trama maldita começou a se desenrolar. Tenho pensado muito nunca célebre frase de Martin Luter King: “O que mais me preocupa não são os atos dos maus, mas a omissão dos bons”. Não somos um povo guerreiro, nem corajoso, nem justo, na verdade, foi sempre a minoria de nós quem fez os grandes sacrifícios, doando a vida na luta por democracia, liberdade, por um pais mais justo e digno. Se o povo brasileiro tivesse consciência, coragem ou, pelo menos, uma dose de generosidade, estaria nas ruas defendendo os direitos de quem dedicou uma vida inteira, em favor de seu país e, na pior da hipóteses, estaria nas ruas lutando por si mesmos, afinal, o estado de direito está ameaçado e isso devia ser da conta de todos nós.

  22. Hildegard,
    Já que vc convoca os mais velhos, eu do alto dos meus 50 anos, há mais de 20 anos atuando em perícia e investigação contábil, ex-líder estudantil tenho a dizer:
    1. José Genoíno e Jose Dirceu cometeram os crimes pelos quais foram julgados e condenados;
    2. O povo não está na rua porque não acredita nessa balela que foi inventada para dizer que essa dupla nada fez;
    3. Se tivessem sido vitoriosos em seus tempos de guerrilha o Brasil seria uma Cuba e muitos não teriam o tratamento decente que eles estão tendo na Papuda. Ninguém mais aguenta ver tanta desigualdade entre presos por quem diz que sempre defendeu a igualdade. Furando fila, desrespeitando horários, comida diferenciada. Essa é a igualdade que eles defendem? É… Homens se fazem pelos exemplos e não pelas palavras;
    4. Esses que vc quer na rua estão em Paris, Roma ou NY porque são socialistas de boutiques. Defendem o povo para continuarem pobres e dignos mas, não querem perder privilégios. Nojo.
    5. Em um pais que esses dois são tratados como heróis da democracia muita coisa precisa ser contada pois, nunca lutaram por democracia mas por outro regime ditatorial tão ruim quanto os militares e vemos hoje tudo igual a antes: Delfin Neto é Guru da economia, obras faraônicas, Petrobras em crise, aparelhamento do Estado e proximidade com o coronelismo da região NE.

    • Como você tem razão Marcelo! O Brasil tem 500 anos, o PT 30 e poucos, dos quais 11 na presidência da República e você o responsabiliza por todas as mazelas existentes. Realmente dá para perceber a justeza, lucidez e imparcialidade de seu comentário e confesso que até me emocionei com sua indignação e ferrenha defesa dos direitos dos presos. Se eles são culpados, por que o STF não mostra as provas? Por que precisou apelar para a teoria do “domínio do fato” para condená-los? Por que a Ministra Rosa Weber disse ao pronunciar seu voto: “Não tenho prova cabal contra José Dirceu, mas vou condená-lo porque a literatura jurídica me permite”. Você gostaria de ser condenado assim, ou alguém que você gosta? O ódio cega e nos impossibilita de enxergar a verdade, mesmo quando ela grita diante de nós. Se aceitamos que uma única pessoa seja condenada sem provas incontestáveis de sua culpa, todas as outras estarão sujeitas ao mesmo juízo, mais cedo ou mais tarde.

      • Aldenora,
        Eu culpo alguns do PT pelas mazelas desses últimos 11 anos e tão somente. Outros fizeram e trouxeram coisas interessantes para o nosso dia a dia. Porém, não aceito que quem prega a igualdade quer ser tratado diferente. Sabe o que isso nos diz? Eles se consideram superiores!
        As provas nos autos são robustas e o domínio do fato foi usado assim como é usado para incriminar o idealizador do assalto ao banco e para diferencia-lo dos que executam o assalto. Existem milhares de casos semelhantes em que foi utilizado esse conceito na jurisprudência brasileira. Como a maioria das pessoas não acompanha acha que isso foi usado somente nesse caso. As pessoas nem lêem as leis e julgam juristas que atuam no judiciário há décadas! Nem o Tofoli considerou o dinheiro da Visanet privado ou o empréstimo fraudulento do Rural ao PT como verdadeiro. E o crime de corrupção não precisaria nem que houvesse dinheiro entregue ou o combinado feito, bastava prometer! E já temos o crime configurado com VÁRIOS testemunhos e confissões!
        Simples assim!

        • Parabéns Marcelo! Você mostrou estar muito bem informado e muita sabedoria em suas palavras e argumentos Estou com você!!!!!!! Precisamos de mais Marcelos nesse nosso Brasil!!!!!!!!!

        • Viva Marcelo .É isso aí. Porque temos que aceitar estas opinioes goela abaixo? A nao ser que seja Ditadura…Respeitem a oposiçāo

        • Prezado Marcelo,

          Democraticamente, respeito sua opinião, mas não posso concordar que o uso da teoria do dominio do fato foi utilizada como normalmente se usa no Brasil.

          Esta teoria existe apenas para converter o partícipe em autor. Isso significa, na prática, aumento de pena. Nada mais.

          Para usá-la é necessária exsitência de prova dos atos praticados pelo partícipe. Uma vez provada a participação, converte-se o partícipe em autor. Aqui não vale a presunção simplesmente. O voto do relator foi claro ao concluir que “não é crivel” que não soubesse. Pautou-se no cargo exercido pelos condenados (pelo menos dois e para esse tipo de crime). Não se pode esquecer que o mentor do assalto a banco deve ter os seus atos de planejamento e mando provados. Isso é assim em qualquer pais democrático do mundo, usando ou não tal teoria.

          Por isso, não é possível concluir pela culpa pelo simples fato o agente acusado ser um superior. Se fosse assim, acabaria a segurança jurídica.

          Marcelo, em minha opinião, tal teoria não tem o poder de converter o mero indício em prova. Respeitosamente, creio que a teoria foi realmente mal utilizada pelo STF. Os alunos dos Claus Roxin muito elegantemente esclareceram a questão.

          Com relação aos recursos do Visanet, jamais poderão ser equiparados a um recurso público. A Visanet (hoje Cielo) tem como o seu maior acionista o Bradesco, se não me engano. Não pertence à Administração Pública. Comparar esta empresa privada à Embrapa (empresa pública), como foi feito, é um erro rotundo – inclusive não percebido pelo próprio Min. Lewandowski, se não me falha a memória. Acreditar nessa hipótese defendida pelo STF é o mesmo que dizer que o dinheiro que está na conta de um correntista no BB é dinheiro público.

          Essa afirmação equivocada já term repercutido no exterior. E estamos sendo motivos de chacotas. A história irá cobrar isso.

          O fato é que tentaram incluir mais figuras criminais para aumentar o computo geral da pena para evitar a prescrição. Isto está claro ao meu ver (o que não acontecerá com o mensalão do PSDB. Em abril/14 prescreverá). Acreditaram que os fins (as prisões) justificariam os meios. Que lástima.

          O Pizzolato não detinha poderes sobre tais recursos porque não era o gestor do fundo de incentivos.
          Basta verficar o Laudo 2828 da Polícia Federal (fls. 115). O MP propos a ação antes deste laudo ficar pronto. Quando veio, foi literalmente escondido em outro inquérito que estava sob sigilo. E o Presidente do STF teve a coragem de dizer, expressamente e por escrito, que não tinha relação com a ação penal 470. Complicado, não?

          Se o Pizzolato cometeu erro, acredito que nada tem a ver com o suposto esquema. Era literalmente outro esquema. Minha sugestão (deixo claro que é apenas um exercício de minha imaginação): talvez tenha a ver com o permitir que algum investidor tivesse ganho mais dinheiro ao se ter antecipado em seu favor um pagamento de contrato legítimo e documentado. E vou além na minha hipótese: acho que ele foi devidamente “convidado” a fugir. Um acordo de cavalheiros, digamos. Isso é só uma hipótese.

          Abraços a todos!

      • Aldenôra,

        não é ódio, é uma inveja sem tamanho de uma equipe que, mesmo sob uma saraivada de acusações, conseguiu transformar esse país em tão pouco tempo. Falta muito, sei disso!
        O que essa gente torpe fazia era aumentar a desigualdade para aumentar seu quinhão, só usam o nome do povo para deflagrarem golpes contra esse mesmo povo, para quê? Manter-nos sob suas botas… não querem perder a empregada doméstica!!!

    • Sr. Marcelo, se nem os Ministros do STF tinham provas concretas e certeza da culpabilidade deles e julgaram pela má interpretação do “domínio do fato” “não acredito que não tenha feito”, “não tenho provas, mas a lei me permite” , “cabe ao réu o ônus das provas”, o Sr afirma do alto dos seus 50 anos, com sua experiência de perícia e investigação contábil, que “eles cometeram o crime”, entregue lá no STF as provas que o Sr tem para que, aí sim, o julgamento seja dentro do que versa a CF e o CP e possamos dizer que eles mereçam a sentença.

  23. Eis um poema atribuído a Brecht que diz muito sobre o momento atual.

    Ah! Desgraçados!

    Um irmão é maltratado e vocês olham para o outro lado?
    Grita de dor o ferido e vocês ficam calados?
    A violência faz a ronda e escolhe a vítima,
    e vocês dizem: “a mim ela está poupando, vamos fingir que não estamos olhando”.
    Mas que cidade?
    Que espécie de gente é essa?
    Quando campeia em uma cidade a injustiça,
    é necessário que alguem se levante.
    Não havendo quem se levante,
    é preferível que em um grande incêndio,
    toda cidade desapareça,
    antes que a noite desça.
    Bertolt Brecht

    • Marina e Hildegard,

      Como pessoa ligada à área jurídica, acreditava que não testemunharia situações como estas.

      Claro que sempre soube que existem as preferências ideológicas e a feroz disputa pelo poder. Nasci em 68.

      Mas – no fundo – acreditava que, após a Constituição de 1988, essa “luta” seria mais sutil; que tudo se desenvolveria com uma aparência de legalidade. Enfim, acreditava que teríamos disputas em outro nível.

      Doce inocência.

      O que presenciei no “mensalão” não foi uma disputa de doutrinas ou interpretações jurídicas, mas sim distorção de fatos. E de forma escancarada. Parece mesmo que não houve receio ou pudor.

      O atropelamento da ordem jurídica de forma manifesta foi concretizado como se, naturalmente, os fins (prisão) justificassem os meios. Havia a garantia do aplauso a cada passo dado.

      A mídia empresarial não informou, mas se limitou a pressionar. Fez coro como o de uma torcida de futebol.

      Lamento tudo isso. Manifesto o meu protesto. E, desculpe-me, mas estou pessimista.

      A arte, mais que qualquer discurso ou estudo, é capaz de surpreender. Que ela, então, ajude a nos salvar. Salve Brecht.

      Obrigado, Marina Abraços, Hildegard.

  24. Parabéns por sua avaliação lúcida e responsável, conheço a história de sua família, pela literatura a qual tive acesso, do sofrimento, da angústia e principalmente da impunidade, acompanho sua luta incansável pela justiça, tardia, mas que espero que não falhe. Infelizmente estamos revivendo um momento onde a democracia conquistada com tanta luta e tantas vidas está amórfica. mais uma vez Hilde vc não está sozinha !!! Conte comigo, um beijo no seu coração machucado, mas valente!!!!

  25. Hildegard, filha da grande Zuzu, irmã do corajoso Stuart: que texto emocionante. Sim, teremos de volta a tortura, teremos de volta a ditadura, teremos de volta a escuridão. E a maioria de nós não terá apartamento em Paris, não. Terá o dia a dia nublado do Brasil, onde e única luz no fim do túnel será a do trem esmagador vindo em sentido contrário à vida.

  26. Hildegard,
    Sua linda e triste crônica fala por mim. É esse sentimento de desesperança, decepção que me tem invadido ultimamente. Parece que o País enlouqueceu. O tempo da delicadeza decididamente não é este. E os que poderiam fazer algo para se contrapor a tanta iniquidade ficam omissos, isso quando não contribuem para aumentar a insanidade com o discurso da neutralidade ou da culpabilização: foi o PT que alimentou isso aí quando se rendeu às práticas da elite.
    É duro essas pessoas não enxergarem quão pequenas e mesquinhas estão sendo, quão irresponsáveis e pequenas estão se revelando. É muito frustrante ter um dia pensado que o fim da ditadura seria o começo de um caminhar sempre rumo à liberdade, à solidariedade, à construção de uma sociedade fraterna, e ver que, ao contrário do que imaginava,, o pêndulo agora se dirige rapidamente para o outro pólo, que o exército linchador está pronto para atacar a qualquer minuto.

  27. Eh, o momento não esta facil. E como temos uma imprensa que embaralha as cartas e os que poderiam elevar a voz e colocar luz, quedou-se mudo, so sobra a massa manobrada, brandando a queima na fogueira dos condenados, para salvar as vaidades do presidente do STF e do oportunismo dos barões de ontem e de hoje.

  28. Essa da Hildegard foi na boca do estômago. Conheço muitas pessoas assim. Em particular me confidenciam suas verdadeiras posições. Mas quando estão em “público”, seja em festas de amigos, seja em íntimas confraternizações familiares, se encolhem diante da ferocidade daqueles que repetem feito papagaios os discursos da mídia. Quando questiono algo do tipo: “pô, você me deixou sozinho nessa”, respondem com a desculpa da “cordialidade” macunaímica: “não vale a pena brigar com amigos e familiares por causa disso.” Sua covardia os fazem confundir ter posição com “brigar”. Também, se até o governo federal age de forma acovardada perante o PIG (Partido da Imprensa Golpista)… Felizmente, parece que ao menos o PT está acordando diante do martírio de suas lideranças.

  29. Aos Ministros do STF
    Sermão da primeira Dominga do Advento.
    Padre Antonio Vieira.
    A respeito da Ação Penal 470 e do que esta acontecendo em relação ao destino das Leis, da Segurança Jurídica, da Democracia e das Pessoas

    A omissão é o pecado que com mais facilidade se comete e com mais dificuldade se conhece; e o que fàcilmente se comete e dificultosamente se conhece, raramente se emenda. A omissão é um pecado que se faz não fazendo; e pecado que nunca é má obra, e algumas vezes pode ser obra boa, ainda os muito escrupulosos vivem muito arriscados em este pecado. Estava o Profeta Elias em um deserto metido em uma cova, aparece-lhe Deus e diz-lhe: Quid hic agis, Elia? « E bem Elias, vós aqui? » — Aqui, Senhor! Pois aonde estou eu? Não estou metido em uma cova? Não estou retirado do Mundo? Não estou sepultado em vida? Quid hic agis? E que faço eu? Não me estou disciplinando, não estou jejuando, não estou contemplando e orando a Deus?—Assim era. Pois se Elias estava fazendo penitência em uma cova, como o repreende Deus e lho estranha tanto? Porque ainda que eram boas obras as que fazia, eram melhores as que deixava de fazer. O que fazia era devoção, o que deixava de fazer era obrigação. Tinha Deus feito a Elias profeta do povo de Israel, tinha-lhe dado ofício público; e estar Elias no deserto quando havia de andar na corte; estar metido em uma cova, quando havia de aparecer na praça; estar contemplando no Céu, quando havia de estar emendando a terra, era muito grande culpa.
    A razão é fácil, porque no que fazia Elias salvava a sua alma; no que deixava de fazer perdiam-se muitas. Não digo bem: no que fazia Elias, parecia que salvava a sua alma; no que deixava de fazer, perdia a sua e as dos outros: as dos outros, porque faltava à doutrina; a sua, porque faltava à obrigação. É muito bom exemplo este para a corte e para os ministros que tomam a ocupação por escusa da salvação. Dizem que não tratam de suas almas, porque se não podem retirar. Retirado estava Elias e perdia se; mandam-no vir para a corte para que se salve. Não deixe o ministro de fazer o que tem de obrigação, e pode ser que se salve melhor em um conselho, que em um deserto. Tome por disciplina a diligência, tome por cilício o zelo, tome por contempla,cão o cuidado e tome por abstinência o não tomar, e ele se salvará.
    Mas porque se perdem tantos? Os menos maus perdem-se pelo que fazem, que estes são os menos maus; os piores perdem-se pelo que deixam de fazer, que estes são os piores: por omissões, por negligências, por descuidos, por desatenções, por divertimentos, por vagares, por dilações, por eternidades. Eis aqui um pecado de que não fazem escrúpulo os ministros, e um pecado por que se perdem muitos. Mas percam-se eles embora, já que assim o querem; o mal é que se perdem a si e perdem a todos, mas de todos hão-de dar conta a Deus.
    Uma das cousas de que se devem acusar e fazer grande escrúpulo os ministros, é dos pecados do tempo. Porque fizeram no mês que vem o que se havia de fazer no passado; porque fizeram amanhã o que se havia de fazer hoje; porque fizeram depois,.o que se havia de fazer agora; porque fizeram logo, o que se havia de fazer já. Tão delicadas como isto hão-de ser as consciências dos que governam, em matérias de momento. O ministro que não faz grande escrúpulo de momentos não anda em bom estado: a fazenda pode-se restituir; a fama, ainda que mal, também se restitui, o tempo não tem restituição alguma.
    E a que mandamento pertencem estes pecados do tempo? Pertencem ao sétimo; porque ao sétimo mandamento pertencem os danos que se fazem ao próximo e à república, e a uma república não se lhe pode fazer maior dano que furtar-lhe instantes. Ah omissões, ah vagares, ladrões do tempo! Não haverá uma justiça exemplar para estes ladrões? Não haverá quem ponha um libelo contra os vagares? Não haverá quem enforque estes ladrões do tempo, estes salteadores da ocasião, estes destruidores da república? Mas porque na Ordenação não há pena contra estes delinquentes e porque eles às vezes se acolhem a sagrado, por isso a sentença do Dia do Juízo há de cair principalmente sobre as omissões.

  30. Parabens a todos que querem mudanças! Mas,

    o que farão para mudar? Paus e pedras quebram seus ossos, mas palavras não os atige.

  31. Parabéns e minha gratidão por seu trabalho, sua coragem e sua análise lúcida consistente que ecoa no coração como um fio de esperança. Oxalá venha esclarecer a opinião publica tão surda, manipulada e inconsciente que brada apenas repetindo chavões de assuntos profundos que desconhecem. Para emitir opinião é preciso ser um sujeito pensante, dono de seu discernimento e poder de análise e síntese, capaz de atuar responsavelmente no contexto social, de forma cidadã.
    Sempre penso, como podemos direcionar a mídia que forma a opinião pública, a falar e escrever com consistência e responsabilidade . O povo não lê, não estuda e não agrega elementos consistentes para julgar ninguém nestas condições, porém o povo tem poder… nós também somos povo e graças a fatia lúcida que ainda nos resta, te vejo atuar. Muito grata.

  32. Reclamar, culpar os outros pelas próprias insatisfações, vitimizando-se, é caminho para a depressão e certeza de uma morte prematura. Pior é quando essa postura é adotada por aqueles que, por alguma razão, são ouvidos: o mal é disseminado contaminando mais e mais a sociedade. Isto é mal. Somos sempre exemplo daquilo que acreditamos.

  33. No início do governo Lula/PT eles tiraram os aliados para colocar os convertidos de última hora. Onde poderia haver consciência política num cenário desses? A sociedade se viu dentro de jogo sujo, antes tão duramente criticado. Tudo isto, como você mesmo disse, desaguou num mar de passividade. Onde dormirá a verdadeira democracia? Espero um dia ver este sol brilhar.

  34. Esse sentimento e percepção sua é a de muitos sem voz. Mas há esperança na máxima que diz que não há mal que perdure para sempre, a verdade virá, não sei a que custo, mas virá.
    Seu texto dá a dimensão daquilo que sentimos e tememos.
    Você é uma pequeninha luz que sobra vento novo, nessa esperança de um Brasil melhor, Muitos podem estar lhe enviando e-mails espúrios, mas há também muitos que lhe tem como uma voz a serviço do bem.
    Obrigado por você existir e ser tão corajosa!
    Cordialmente
    Jose Leal

  35. Hilde e internautas conscientes, essa pseudo esquerda democrática, o suposto “centrão” ($ó e$tão preocupado$ com o Busine$$, a$ negociata$ e o$ acordo$), os nossos artistas politicamente conscientes e articulados, os intelectuais, pensadores, jornalistas de porte estão acuados e não querem se queimar com a GLOBO, a VEJA e a Mídia podre do Brasil, estão com rabo entre as pernas. E esta Mídia nefasta anti-nacional que já extrapolou e muito os limites da Direita já atracando na Extrema Direita, como vemos instigando o irracional com os caprichos e requintes de Goebbels. Esta parecendo com as vésperas da Noite de Cristal, o incêndio do parlamento alemão e o Golpe Nazista.

  36. Onde estão os omissos, a pseudo esquerda democrática, os nossos artistas politicamente conscientes e articulados, os intelectuais, pensadores, jornalistas de porte estão acuados e não querem se queimar com a GLOBO, a VEJA e a Mídia podre do Brasil, estão com rabo entre as pernas. E esta Mídia nefasta anti-nacional que já extrapolou e muito os limites da Direita já atracando na Extrema Direita, como vemos instigando o irracional com os caprichos e requintes de Goebbels. Esta parecendo com as vésperas da Noite de Cristal, o incêndio do parlamento alemão e o Golpe Nazista.

  37. Hilde, agradeço pelo texto! Em tempos tão obscuros e de tanta omissão ler seu texto é um refrigero para a alma. Dias atrás em conversa com um colega me assustei com o discurso colado com o da grande mídia em relação ao Partido dos Trabalhadores. Um cara que eu considerava crítico , de mente aberta e que se diz ligado com filosofias orientais , todo zen… imagine que até ele reproduz toda esta infâmia com extremo rancor, quase que elogia os tempos idos. Sinto-me vivendo no filme Os invasores de corpos , assististe ? Filme de 1978 com Donald Sutherland. A cada dia parece que um conhecido, um parente ou um amigo foi invadido…

  38. Se todos os mensaleiros e petistas envolvidos nos múltiplos escândalos econômico-financeiros dos últimos anos forem presos certamente faltarão celas e algemas.
    Que tal mandar alguns deles para Cuba amada por quase toda a quadrilha?
    Cartas pra redação.

  39. Prezada Hildegard, acredito que uma das chateações para um blogueiro (especialmente os de esquerda aqui nesse brasilzão!), é ter que aturar pessoas que demonstram desequilíbrio, através de manifestado preconceito, parcialidade e até mesmo vilania… Fazer o quê, né?

  40. Parabéns Hilde e a todas as pessoas conscientes no que o Brasil vem vivendo. O TERROR instala-se no país, com patrocínio da direita, da mídia rale e da famosa “rede oculta” de boatos, financiadores de vândalos, e uma elite “escravagista” que não se conforma em perder. E viva o metalúrgico/nordestino que mostrou ao mundo um Brasil que em pouco tempo tempo está retirando da miséria absoluta milhões de brasileiros, que passou a dar voz a uma classe social sempre ignorada e explorada por essa elite hipócrita. É sempre bom parar para ouvir/ler em que conseguiram transformar essas mentes manipuladas pela mídia, é sempre o mesmo argumento. O discurso é uniforme, todos iguaizinhos. Mudam as pessoas, mas o discurso é o mesmo, e logo se transforma em agressão verbal pq não há argumento, não sabem o que falar. Pensam que ler a Veja estão informados, assim como acham que a história do Brasil que aprenderam na escola é a verdadeira e que a revolução de 64 foi “redentora”. Como os que foram pras ruas pedir democracia, liberdade, abaixo a ditadura eram todos “comunistas terroristas”. E parte dessa elite hipócrita financiou as torturas, aliás como platéia também.
    Esse ódio trabalhado nos “mentes fracas” desse país, tenho comparado-o aos circos de Nero quando pessoas eram jogadas as feras por pura diversão de uma elite sedenta de ódio.
    Na justiça acredito mais não. Que país é esse que coloca nas ruas por HC o Cachoeira? E o “senhor da ética”, Demóstenes Torres, por onde anda? Continua Promotor de Justiça em Goias? E o Daniel Dantas, o que foi feito dele? E agora assistiremos o caso do “helipótero de carreira” do deputado, tenho certeza absoluta que a culpa será do mordomo, ops piloto. Vão abafar na mídia, principalmente a mineira e a direita, pq deve ter muita gente graúda envolvida. E os pedófilos, estupradores, agressores de crianças, mulheres, idosos e homossexuais? esses têm semi-aberto, HC, e tudo assinados por juízes entre outros que possuem esse poder. Ai voltam a noite e o trabalho é o mesmo que os levou a prisão. Vai entender!
    Sinto tristeza dessa juventude totalmente ignorante do país em que vivem. Que se permite ser manipulada, que perdeu totalmente o sentido do que é LIBERDADE e RESPEITO e que pensam que o mundo gira em torno do seu umbigo.
    Sobre o STF, precisam avisar a esses senhores que eles não são “senadores romanos” nem tão pouco “imperadores”. A vaidade, a soberba está se transformando em ARROGÂNCIA. É o “poder” sobe que nem rojão… fazer o que né.

  41. PORQUE NÃO ME CALO
    “NÃO BASTA ENCARCERAR, ELES TÊM QUE TRIPUDIAR”

    NÃO CONSIGO CALAR O MEU CONCEITO
    DE QUE NA MÍDIA FERVE E ENTÃO PULULA
    UM ÓDIO VISCERAL QUE COM EFEITO
    DISTORCE, MENTE, ENCOBRE E MANIPULA;

    É DESSA GRANDE IMPRENSA QUE A TRAMA
    TODA FORJADA E SEM NENHUM LIMITE
    AÇULA O TRIBUNAL QUE APÓS PROCLAMA
    PARA GÁUDIO SEM FIM DA NOSSA ELITE

    AS SENTENÇAS BRUTAIS E DESMEDIDAS
    QUE A SEMPRE ALIENADA CLASSE MÉDIA
    SUPÕE ATÉ QUE SEJAM COMEDIDAS;

    IMPÕE-SE A LEI PARIDA PELA TOGA
    CHEGA-SE ASSIM AO FIM DA VIL COMÉDIA
    ESCANCARANDO A ESTUPIDEZ EM VOGA.

    TARCÍSIO ARRUDA
    O1/12/2013

  42. Hildegard, você produziu mais um texto histórico, grandioso por sua simplicidade. A verdade de suas palavras é confirmada pelos absurdos comentários que comecei a ler no blog de nosso amigo Luis Nassif, mas parei antes dos engulhos. Quanta ignorância, quanto preconceito, quanta recusa à Humanidade! Não vou “roubar-lhe” o texto para meu modesto blog: farei uma simbólica doação em dinheiro para uma instituição beneficente de minha cidade, Taubaté, em seu nome, e guardarei o comprovante. Mas farei tudo ao meu alcance para que mais e mais pessoas leiam sua lição e sua cobrança a nós todos, maduros, que vivemos a ditadura e sabemos o quanto vale a Democracia, ora ameaçada por ação ou omissão de tantos. Permita a este anônimo jornalista fazer minhas as suas palavras que expressam meu pensar mil vezes melhor do que eu poderia fazê-lo. E perdoe a ignorância dos que preferem o suicídio intelectual. E moral.

  43. Já comentei há dias o texto original e, agora, sinto necessidade de me manifestar, mesmo que por meio de poucas palavras, já que parece que tudo já foi dito, sobre seu comentário a ele (o texto da Hildegard). Nestes dias absurdos que estamos vivendo, fico sempre à cata dediscursos que, se não dão um jeito na situação esdrúxula e cínica que se criou, pelo menos me sirvam de alento , que me mostrem que não apenas eu que estou indignada, enfim, que não estou delirando, ficando maluca.
    Obrigada à Hildegard, a você e a todas as outras pessoas que de algum modo formam uma comunidade que se contrapõem a essa tragicomédia que é o julgamento da AP 470.

  44. Fazer isso é fácil… Tão fácil que assusta…
    Basta perguntar “Ele fez o que?” “Do que ele está sendo acusado”…
    Ninguém sabe dizer… Ou você ouvirá “É um ladrão! Corrupto”… Sim, claro, o que ele fez? Você leu o relatório do procurador geral? Concorda com ele?
    Você sabe o que é bônus por volume de publicidade? A Visanet é uma empresa estatal? Você concorda coma tese do “domínio de fato”? Sabe o que é? Concorda com ela? Coma aplicação dela em seu uso em todos os casos possíveis…
    Cara é isso… Quase ninguém sabe mais que 2 ou 3 frases sobre o que aconteceu…
    Então me desanimo… A coisa ficou Kafkaniana… E isso porque aquele mais antigo caso, que as vezes ofende minha terra natal, “O Mensalão mineiro”, que deveria ser Mensalão do PSDB ( posto que o principal envolvido era deste partido e infelizmente governou meu estado) fica escondido… Há interesses e instrumentos por demais sinistros envolvidos no caso… Parece uma batalha silenciosa, de interesses e grupos ainda desconhecidos em sua totalidade, mas com narizes a mostra…
    E no meio disso, O Caso Daniel Dantas se diluiu… Mesmo após tentar comprar um delegado federal por 1 milhão… Tudo registrado em vídeo, quando Protógenes Queiros dirigia a investigação…
    De Gaulle ri: “Eu não disse! Eu não disse! Não é um país sério… É comicamente Kafkaniano…”

  45. Vi que se falou em ditadura,Getúlio Vargas,João Goulart,Lula,José Genuíno e mais coisas e o que temos que lembra e não esquecer é a crença que milhões de Brasileiros depositaram em Getúlio Vargas,João Goulart,Lula mais recente e veja o troco para toda essa confiança,temos nos aliados do Lula uma enorme quadrilha que delapida os cofres públicos apenas e simplesmente para satisfazer seus interesses de ego e ganância sem tá nem para os milhões de Brasileiros.
    Com relação aos intelectuais,artistas e outros pseudo Brasileiros que como relatado acima encontram-se em luxuosos apartamentos em Paris,não estão lá por covardia ou escondendo-se,estão em Paris ou em qualquer outro país porque sempre viverão fora do Brasil e não sabem o que é acordar as quatro horas da manhã e lutar pelo pão de cada dia,nem sonharão em acordar em segundo dia consecutivo sem ter o comer,apenas lhe restando fazer sobre os lábios o sinal da Santa Cruz e Orar por um dia melhor.
    Sei que esses milhões de Brasileiros que foram iludidos,confiarão em ter dias melhores, virão a garantia de pelo menos poder oferecer aos filhos uma refeição diária,mesmo sendo uma farofa com ovos e agradecer ao governo que lhe oferece esse alento salvador e, atentem que esses milhões de Brasileiros não vão se importar se a economia não está,apenas ouvem falar de inflação,de dívida interna,de pib e outros termos técnicos que não entendem,vindo a se preocuparem caso não tenham o alimento de cada dia.
    E,devemos tudo isso aos intelectuais,os artistas,aos ditos formadores de opinião como frisa a Hildegard,pois o Povão ouve emissoras de rádio e tv e quem está lá formando opinião:os intelectuais,os artistas ,os jornalistas.O povo quando aparece nos meios de comunicação é em caso de desabamento,enchentes,crimes ou em procissão.Assim,sem tempo pra educação seguem os formadores de opinião,pois os acham seres supra-sumo da inteligência e da moral e vemos no que deu.
    Quero desses supra-sumo,intelectuais,artistas,jornalistas,juristas e outros mais apenas que voltem pro Brasil,deixem seus apartamentos luxuosos em Paris e venham agir por mais Educação,Justiça,Saúde,Segurança e Lazer para os milhões de Brasileiros,arregacem as mangas de camisa e lutem por essa Nação,agora por favor não criem mais um capitão guapo e seu branquinho,pois na verdade eles são falsão e trambique;é sem heróis por gentileza,os verdadeiros Heróis são os milhões de Brasileiros.

  46. Tenho nojo deste país que abriga brasileiros sem patriotismo, egoístas, traidores da Patria! As pessoas só enxergam o que lhes interessa.!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *