Boni, 100% de Ibope

Como eu já contei aqui, Boni não autografou simplesmente os livros, como é costume quando as filas são muito grandes nas noites de autógrafos. Ele fez dedicatórias de fato, pessoais, carinhosas, sempre evocando algum fato, momento, ou escreveu alguma mensagem carinhosa para a pessoa amiga. Conheço Boni do tempo em que, aos 22 anos, fui fazer a novela Selva de pedra, de Janete Clair, também uma amiga muito querida, queridíssima. Ela dizia que criou para mim a Beatriz, secretária de Rosana/Simone (a personagem com duas identidades de Regina Duarte). Foi uma experiência muito importante em minha carreira de atriz, e que me honrou demais, e há uma foto no livro em que sou vista com as divas Regina e Dina Sfat, tremenda deferência. Segundo conta Boni em seu livro, foi a única novela que alcançou 100% de audiência. Este era o Boni na Globo: um homem com Ibope 100%!…

Dina Hilde e Regina Boni, 100% de Ibope

Eis a foto que está no livro

Foi Boni quem me convidou para fazer o TV Mulher. Eu realizava as entrevistas no único quadro realizado no Rio de Janeiro, o Claquete, com os artistas da casa. Toda o resto da produção era em São Paulo. Foi uma experiência notável. De vez em quando, ele me dava um toque: “Hilde, olha menos para a câmera, fica de perfil ouvindo o entrevistado”. Eu, exibida, acho que perdia essas oportunidades de ouro de aprender com o Boni. Como a gente é burra aos 22 anos!…

 

Boni Francis e Hilde Granato Boni, 100% de Ibope

Aí estamos, Francis e eu, junto ao admirado amigo Boni, depois de merecer dele a amável dedicatória:

“À Hilde, amiga de tanto tempo, de tantas histórias e tanto carinho. Beijos do amigo e admirador Boni”

(Foto de Cristina Granato)

6 ideias sobre “Boni, 100% de Ibope

  1. Prezada Hildegard Angel,
    Eu tive o prazer de rever a senhora no Box de Selva de Pedra – 1972, depois de 41 anos. Parabéns pelo seu trabalho como Beatriz.
    E muito bonita a sua história pessoal com o Boni.
    A propósito do capítulo 152 de Selva de Pedra, o dos 100% de audiência no IBOPE, coisa impensável hoje em dia, há um ator na cena da delegacia em que Rosana/Simone é desmacarada, ele faz o “Delegado Orestes”. Em certos lugares da Internet eles dizem erroneamente ser o falecido Tony Ferreira (que fazia o policial Lima que trabalhava para o delegado Orestes) ou citam o grande Othon Bastos, também erroneamente, pois ele fez o Delegado Orestes foi na refilmagem em 1986. Mas em lugar nenhum da internet se fala do seu nome, de sua carreira e de seu destino como ator e ser humano. A senhora, como memória viva e participante daquela grande novela, saberia por gentileza o nome dele e o seu paradeiro?
    Desde já agradeço se puder me responder.
    Parabéns por sua carreira como atriz e jornalista e pelo exemplo de pessoa cordial e atenciosa.
    Muito Obrigado,
    Cássio
    Belo Horizonte – MG

    • Cássio, não revi a novela e não tenho o vídeo, de forma que por melhor que seja minha memória não tenho condição de me lembrar quem seja o ator. Não há alguma almanaque de novelas com essa informação? E se você consultar o CPDOC da Globo, isto é, o departamento de pesquisa da emissora? Eles certamente têm essa informação disponível.
      Boa sorte,
      Abraços,
      Hilde

  2. Cara sra. Hildegard Angel,
    Estou realmente sem jeito com a senhora mas muito agradecido pela sua generosidade e boa vontade e posso dizer que a senhora é minha última esperança neste caso.
    Entrei em contato com o departamento “Memória da Globo”, como a senhora me sugeriu, e que me enviou a seguinte resposta:
    “Sr. Cassio
    Lamentamos, mas a Central de Atendimento ao Telespectador não divulga informações de programas e novelas que não estejam em período de gravação. Após o encerramento das gravações, a equipe de produção assume funções em outras atrações e, por isso, não temos como fazer novas pesquisas.
    Cordialmente,
    Globo.”
    Diante desta resposta a senhora pode imaginar a alegria de receber a sua última mensagem dizendo que iria tentar consultar nada menos que Francisco Cuoco em pessoa. Ele tem uma memória muito boa e seria a pessoal ideal para se lembrar (eu o vi no Programa do JÔ este ano e pude constatar isso).
    Aguardarei esta sua tentativa e renovo os meu agradecimentos emocionados por tamanho respeito e atenção, repito, com este seu humilde leitor.
    Um grande abraço para a senhora,
    Cássio.

  3. Prezada sra. Hildegard Angel,
    Queira perdoar novamente o incomodo mas, como a senhora foi muito gentil das outras vezes, eu tomo a liberdade de lhe escrever para perguntar se foi possível o contato com Francisco Cuoco sobre o ator que participou, como o “Delegado Orestes”, do capítulo 152 de Selva de Pedra 1972 (e de vários outros daquela novela, embora, pela importância específica deste capítulo, seja este o mais marcante).
    A minha missão, com a ajuda da senhora, é meio quixotesca, eu sei, mas vou tentando mesmo assim. Talvez ele nem esteja vivo mas, se estiver, e com a ajuda da senhora, nós possamos reparar esta injustiça do nome dele não constar em livros e sites da Internet.
    Obrigado mais uma vez cara sra. Hildegard e, se possível, aguardarei a sua resposta.
    Atenciosamente,
    Cássio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *