Bonde do Obama Sem Freio pelas ruas de Copacabana

Às 9h desta sexta-feira, a Rua Miguel Lemos, em Copacabana, parou para a passagem de Obama… Ops, quer dizer, para a passagem de sua tropa. Tudo se tratava de um ensaio, uma simulação do cortejo do presidente americano pelas ruas do Rio de Janeiro…

Um ensaio apoteótico, que parou o trânsito e os pedestres, impedidos de atravessar a rua. Militares do Batalhão do Imperador, de uniforme completo, todo camuflado, além de boina vermelha e armas potentes, faziam a vigia na calçada e outros, na rua, abrindo caminho para a tropa toda. E foi assim, não necessariamente nessa ordem: Jeep do Exército, motos de polícia, carro da Polícia Civil, carro do BOPE, ambulância (…) e três carros blindados, onde o suposto “Obama” estaria. Ah! E, claro, um barulhão daqueles, causado pelas inúmeras sirenes. Sem contar os carros de TV e os fotógrafos que seguiam o trajeto…

A população, que, obrigatoriamente, parou para assistir, ficou assustada e, ao mesmo tempo, extasiada com tudo aquilo. Exclamavam: “É o Obama! É o Obama!”

Não é mole, não! O Rio de Janeiro vai parar para ver Obama passar…

Como rastro de toda essa motivação, permanecem, a cada 20 ou 30 metros, dois militares “boinas vermelhos”, enfeitando a paisagem carioica…

Obama CHRIS KLEPONIS  Bonde do Obama Sem Freio pelas ruas de Copacabana

Foto: AFP PHOTO/Chris KLEPONIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *