Birman passa pela cidade deixando um rastro de Cinderelas no calçadão, ui!

Alexandre Birman, o vice-presidente da Arezzo e que responde pela marca de sapatos Schutz, soube se lançar muito bem no Rio – pessoalmente e profissionalmente, no círculo da moda e da sociedade. Com uma assessoria sem arestas, ele foi introduzido num ambiente de só gentilezas, sem o peso de promoters que querem agradar mais A, B, C, D ou Y e que trabalham mais para si do que para o interesse do cliente…

Assim, Birman logo de início contou com a simpatia de todos os segmentos da imprensa séria, dos reais formadores de opinião na moda e no jornalismo de comportamento. Além disso, seu círculo social na cidade, ampliado via bons contatos de São Paulo, não pode ser melhor. Então, os eventos e lançamentos de Alexandre no Rio de Janeiro, sempre acompanhado de sua mulher linda e meiga, Johanna, são sempre elegantes, concorridos e não pesam na mão. Nem pesam em qualquer outro sentido…

Foi no bar Londra, o lançamento, com almoço, da Resort Collection, da Schutz. Ela veio glamourosa, com um jeitinho sedutor, com spikes coloridos aplicados em sapatilhas confortáveis e com os pecchio, com força total para reluzir, bem ao estilo da carioca. São os destaque da coleção, que Alexandre pessoalmente introduziu a nossas fashionistas (no femininos, pois 95% das presenças eram mulheres) formadoras de opinião, compradoras, jornalistas e blogueiras, antes de os modelitos chegarem às lojas no mês que vem…

Johanna Stein, a deslumbrante mulher do Alexandre, que poderia ser também “o rosto” da marca Schutz, pois cara para isso ela tem, fazia as honras com ele, sem a pequena filhota recém-nascida, Olga, que ainda não cumpre o roteiro social familiar, mas, já, já, fará, guardem o que eu digo…

Os Birman são muito queridos no Rio. São lindos, jovens, bem sucedidos. São amáveis, bem educados e sensíveis. E isso conta muito ponto, meus amores. Passaram para conferir os novos sapatinhos, entre outras candidatas a “Cinderela” da linha Resort Schtutz no Rio, Marina Brum, Betina de Luca, Maysa Borges, Daniela Oliva, Andréa Rudge, Mariana Molina

Só houve um probleminha: o “Sapatinho de Cristal” coube nos pés de todas elas, que foram imediatamente entronizadas como “Cinderelas” afetivas da coleção na cidade. E partiram felizes, motorizadas em suas abóboras rolantes, apregoando as maravilhas que a Resort Collection, da Schutz é, em seus blogs, sites, faces, colunas e nos seus grupos de amigas, tão antenadas quanto elas…

Cinderelas1 Birman passa pela cidade deixando um rastro de Cinderelas no calçadão, ui!

Como dizia o Tim Maia, “Vale, Vale Tudo… / Só não pode dançar homem com homem/ Nem mulher com mulher”… Pois como hoje até isso tá valendo, vale tudo de fato no outono carioca: saia míni, saia longa, calça justinha até os tornozelos, saia pata de elefantão, couro, renda, vestidinho, vestidão, é proibido proibir, decretada a liberdade na moda e digam ao povo que Fico! Ah, como esperamos por esse dia, e vamos todos pra rua até o dia clarear sambar o Vai Passar, pois a tirania da moda passou de fato. Todo mundo sem medo de ser feliz. Eu também!…

cinderela 21 Birman passa pela cidade deixando um rastro de Cinderelas no calçadão, ui!

Fotos de Bruno Ryfer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *