BELTRAME É SONHO NA CHAPA DE CABRAL, MAS ISSO SÓ COM A BÊNÇÃO DE LINDBERGH E DORNELLES

Em se tratando de sucessão no Estado do Rio de Janeiro, para o governador Sérgio Cabral é isso ou é isso: Ele não abre mão de seu vice Pezão como candidato a próximo governador. Formando chapa com Pezão, como vice, o candidato de Cabral é o secretário de Segurança, Beltrame.

José-Beltrame-Mariano

O jogo não são favas contadas. Pelas projeções das pesquisas atuais, Garotinho vem num confortável primeiro lugar das preferências, tipo 27%, Pezão em segundo, com 22%, seguido pelo lindinho senador petista, o Lindbergh Farias.

Facilitaria muito para a chapa Pezão-Beltrame se o senador Lindbergh (a espinha no pescoço do PMDB fluminense) desistisse do embate à governança. Mas, para isso acontecer, seria necessário oferecer ao PT alguma tentadora vantagem. Tipo o apoio integral do PMDB para o PT eleger o seu candidato na vaga que se abre com o fim do mandato do senador Francisco Dornelles. Neste caso, o apoio seria com o endosso do PP de Chico Dornelles.

O PT ficaria com os dois senadores do Estado do Rio de Janeiro!

Obviamente, se o Chico decidir não se recandidatar, o que também não  está fora de cogitação, pois Dornelles, com as visitas frequentes que faz ao Kurotel e seu tratamento anual de revitalização, está a cada ano mais vigoroso, mesmo já tendo emplacado 79…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *