BAILE GLAMURAMA ENCERRA UMA TRADIÇÃO CARIOCA: A BOCA LIVRE TOTAL. AGORA É CINZA, TUDO ACABADO E NADA MAIS

 O Baile Glamurama virou a derradeira página de uma tradição dos grandes festejos do Rio de Janeiro: a Boca Livre Total para os vips convidados. Este, queridos, foi um Rio que passou em nossas vidas. Agora é cinza, tudo acabado e nada mais

***

As estruturas do MAM chacoalharam na noite de ontem com o Glamurama, de Joyce Pascowitch, festão que fechou a programação de bailes oficiais da cidade, organizados por Ricardo Amaral e Luiz Calainho.

Apesar de todo o alto-astral do Baile Glamurama de ontem, no MAM, houve reclamações. Motivo: os preços altos cobrados pelas bebidas e comidas. Até mesmo aos fotógrafos e repórteres que trabalhavam eram pedidos R$ 6 pelo copinho d’água. E inclusive inovando nesse item, pois pela primeira vez se viu bebidas e quitutes serem cobradas aos convidados da área VIP, onde por tradição a boca livre sempre foi total. Resultado: o espaço vip ficou logo vazio. Os convidados chegavam, ficavam sabendo da novidade e iam embora. Um mais indignado chegou a partir dizendo: “Isso parece voo da Gol, onde cobram até pelo copo d’água!”…

A impressão que ficou foi a de um baile democrático, somando os mais diferentes estilos e as idades mais variadas, com maioria, é claro, da garotada. Shorts jeans, vestidos longos, escarpins e havaianas, tudo junto e misturado, na mais perfeita harmonia. A exemplo disso, Zéka Márquez, decorador do Baile do Copa, extrapolou o traje de gala pedido e foi de casaca, e Calainho, um dos anfitriões, foi de calça chino e sandálias, bem despojado. BB Schmidt, de longo, super luxuosa, indagou, “Ué, mas esse aqui não é um baile glamuroso?”…

A galera jovem demorou pra chegar. O baile marcado para às 22h só foi encher, realmente, por volta de 1h da madruga. Entre os VIPS mais aguardados, a bela Dani Winits com o boyfriend Amaury Nunes, a atriz Paloma Bernardi, de longo dourado, e a copotante Sabrina Sato, que, quando chegou, foi aquele frisson de flashes e fãs pedindo fotos ao seu lado, e ela, simpática, atendendo e mandando bitocas.

Sabrina fechou e abafou, capotantemente linda, com um longo todo coberto de cristais, assinado por Henrique Filho, com decote nada modesto! Os cabelos tinham ar de molhado, como se ela tivesse acabado de sair do mar. Uma sereia, Iemanjá!…

Pausa pra falar que Henrique Filho foi o grande estilista do carnaval 2013. Foram dele as roupas mais lindas: esta fantasia da Sato, o vestido da Eliana Pittman no Baile do Copa e a fantasia do Zéka Márquez no mesmo baile…

Voltando ao Glamurama, quem também causou foi Alexia Dechamps com sua mulher-gato. Um collant provocante, revelando seu corpitcho arrasador. Melindrosa foi a fantasia preferida das menininhas, como a da bela Julianne Trevisol. Tinha até fantasia de John Galliano e de Gari de Luxo da Chanel.

Quem também abalou, foi a estilista Clara Tarran, ultra-chic, de chinesinha. Toni Garrido fantasiado de outro astro da música, o Carlinhos Brown, chegando a confundir os mais distraídos. Garrido, um gozador. Simoninha com peruca do Bozo

Mart’nália e Trio Preto +1 colocaram o povo pra sambar ao som de clássicos deliciosos do samba e da MPB. Depois, o baile de carnaval se transformou em uma grande pista de boate, com hits novos e velhos, dos mais variados gêneros musicais, ecoando madrugada adentro. Aguardem, pois o Glamurama, pela amostra de ontem, veio para ficar. No ano que vem tem mais, ora se tem! Não esquecendo de levar o cartão de crédito, naturalmente.

Confiram os cliques da noite!

glamurama1glamurama2glamurama3glamurama4glamurama5glamurama6

Fotos de Marcelo Borgongino, Verônica Pontes e Gianne Carvalho

2 ideias sobre “BAILE GLAMURAMA ENCERRA UMA TRADIÇÃO CARIOCA: A BOCA LIVRE TOTAL. AGORA É CINZA, TUDO ACABADO E NADA MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *