Associação Comercial do Rio de Janeiro extingue todos os conselhos

Ângela Costa: mudar para se adequar (Foto Sebastião Marinho)

A nova gestão da Associação Comercial do Rio de Janeiro, agora sob o comando de Ângela Costa, primeira presidente mulher, acaba de extinguir todos os Conselhos da casa. Em decorrência disso, todos os conselheiros perdem suas funções.

Novos Conselhos, com conteúdos diferenciados, que se coadunem aos propósitos pretendidos pela entidade, estão sendo formados. E os objetivos de Ângela são ambiciosos, à altura da história da casa do Barão de Rio Branco. Ângela pensa grande.

Uma ideia sobre “Associação Comercial do Rio de Janeiro extingue todos os conselhos

  1. A nova Presidente Angela Costa, da ACRJ, agiu com muita propriedade e responsabilidade, ao extinguir todos os conselhos existentes e querer promover uma nova mentalidade para a Casa do Barão do Rio Branco. Certamente, na gestão de Angela Costa, primeira mulher a presidir essa importante associação, serão quebrados, e por necessidade, vários paradigmas. De fato, já não era sem tempo repensar os conselhos, dando-lhes novas roupagens e conteúdos diferenciados. Eu mesmo participei durante alguns anos do Conselho de Educação, mas desisti de lá permanecer, uma vez que, de fato, nada acontecia de novidade e funcionava de forma meramente burocrática, o que ficava e muito a desejar. Os conselhos precisam ser vivos. Os conselheiros precisam ser atuantes. Dai, o meu contentamento com a decisão da nova presidente. Mudar é a palavra de ordem. Professor Paulo Alonso, Diretor-Geral das Faculdades Integradas Hélio Alonso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *