As muitas paradas da Estação do Corpo até o ponto final

Os alunos da academia Estação do Corpo fazem um movimento, com abaixo assinado, tentando demover o Governo do Estado de remover dali o empreendimento e o complexo de academias, restaurante e nightclub que há anos ocupa aquela área pública às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas. O que eles não sabem é que esta remoção foi antecipada em um ano, pelo próprio detentor dos direitos da cessão, o empresário Nelson Tanure, cujo contrato para exploração da área, só finda no ano que vem. O contrato foi inicialmente celebrado entre a Prefeitura e o dono original, autor do projeto da Estação do Corpo, o empresário Ricardo Amaral, que durante muitos anos explorou casas ali, desde a primeira, a Sucata, depois o famoso Teatro da Lagoa, o Gattopardo e tantos outros e, posteriormente, Ricardo vendeu o negócio para Tanure. Já o prefeito achou por bem transferir os direitos sobre a área para o Estado, leia-se Sergio Cabral, que pretende fazer ali um grande parque, aberto para toda a comunidade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *