Amor de Galliani, do Milan, pelo Rio retarda venda de Ronaldinho ao Flamengo

Almoço na Pérgula do Copa, reunindo em torno da colunista potiguar Hilneth Corrêa, que hoje volta a Natal, e quem eu encontro? O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, que está no Rio negociando a venda do Ronaldinho para o Flamengo! Apresentadas a ele pelo Mauro Gardenghi, que já trabalhou com Berlusconi e estava em nossa mesa, Hilneth e eu fizemos a festa. Ela caprichando nos flashes e eu nas perguntinhas inocentes. “Não, a venda ao Flamengo não está 100% fechada. Está 99%”, o italiano me disse. “E o que está faltando para concluir?” – perguntei. “Só está faltando a assinatura”, falou a bonita Helga, mulher de Galliani, modelo morena brasileira de Curitiba. E, para me certificar ainda mais, perguntei ao filho deles, Alain, 9 anos se tanto: “Qual é o time em que você prefere ver o Ronaldinho?”. E o menino: “O Flamengo”…

Ao meu amigo Mauro, Galliani falou sobre as negociações, meio de brincadeira/meio a vera, em italiano, mas eu entendi e reproduzo: “Estou complicando as coisas um pouquinho para estender minha estada no Rio de Janeiro, que eu adoro”. Os dois riram. Já Helga, mulher muito bem colocada, fina, interessante, me contou que eles têm apartamento no Leblon, sempre vêm aqui, onde estarão no carnaval, e sempre vão ao Baile do Copa…

Fotos Hilneth Corrêa

hiln5 Amor de Galliani, do Milan, pelo Rio retarda venda de Ronaldinho ao Flamengo

Na Pérgula do Copa, o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, que veio vender o jogador Ronaldinho, com o filho, Alain, e a bela mulher brasileira, Helga

hiln7 Amor de Galliani, do Milan, pelo Rio retarda venda de Ronaldinho ao Flamengo

Hilneth Corrêa e, na frente, Claudia Fialho, Elsa Gardenghi e esta Hilde

hiln4 Amor de Galliani, do Milan, pelo Rio retarda venda de Ronaldinho ao Flamengo

Hilneth Corrêa e o Galliani do Milan, homem forte de Berlusconi, dono do time

hiln6 Amor de Galliani, do Milan, pelo Rio retarda venda de Ronaldinho ao Flamengo

A simpática Helga Galliani e esta colunista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *