ALMOÇO BELLE ÉPOQUE NA BARRA CONFIRMA LIDERANÇA DE NINA

Quando, no início dos anos 90, detectei, identifiquei, batizei e lancei a Sociedade Emergente, fixada na Barra da Tijuca, não imaginava que ela se tornaria verbete de dicionário, inspiraria personagens de novelas, peças de teatro, daria origem a livros e blá, blá, blá…

E teve muito oportunista querendo assumir a paternidade, mas como sou mãezona coruja e ciosa não deu, mesmo passado tanto tempo, pra cometerem essa usurpação…

Tudo isso pra dizer que minha dileta filhota, a Sociedade Emergente, cresceu e multiplicou. Ficou adolescente, virou mocinha e está hoje um mulherão, cheia de atitude, dando as cartas, dando festas, lançando tendências, consumindo muito, luxando, causando nas marcas bacanas, viajando, dando festas e dando festas, ai, ai, ai…

Enfim, hoje a Barra da Tijuca vive um período assim comparado à chamada Belle Époque europeia, quando tudo só era luxo, fausto, um turbilhão suntuoso de alegria, danças e fru-frus…

Tal e qual o almoço de aniversário de Nina Kauffmann, que é uma espécie de Vera Loyola 2, uma sucessora, seguidora, da Emergente 1ª. Porque deste posto Vera não abre mão. Jamais! É dela e ninguém tasca…

Kauffmann, porém, abriu seus próprios caminhos. Não é apenas mais uma vitoriosa do high emergente, que conquistou salões da Zona Sul. É também uma mulher de negócios, atuando em áreas diversificadas que envolvam luxo, eventos, moda, viagens, real estate. E tem exercido uma bela liderança, com charme, beleza e sabedoria…

Aqui estão as fotos de seu almoço de aniversário no Gávea 150, em São Conrado. O bolo de Bruna Malucelli (que também fez os docinhos) já diz tudo: lembra um apoteótico espartilho da Belle Époque, florido, franzido, embabadado, rendado, mais feminino e mais fresquíssimo im-pos-sí-vel. Com um N enfeitadíssimo e florido no topo. Se fosse um H, ah, se fosse um H esse bolo era MEU!…

Eram 150 amigas animadas, Dulce Menezes assinou o cerimonial e Carlos Lamoglia decorou junto com Roberta Niemeyer. A mulherada dançou com som de Naldo e Sorriso Maroto, da trilha da novela Avenida Brasil…

O Divino existe, é real, é feliz, é divino. Está dentro de cada um. Só não vê quem não quer!…

Depois disso, Nina Kauffmann foi pra Miami, de onde volta daqui a uma semana, a tempo de concluir a produção do evento Visão da Moda...

 

11 ideias sobre “ALMOÇO BELLE ÉPOQUE NA BARRA CONFIRMA LIDERANÇA DE NINA

  1. Querida Hilde , obrigada pelas amáveis palavras e pelo carinho que tem tido comigo , de sua fã de “carteirinha ” .bjsss Nina Kauffmann

  2. A festa foi mesmo impecável nos menores detalhes. Até o banheiro estava decorado com flores e pérolas….. pela amigona da Nina, a designer de joias Maria Emilia Xavier…os detalhes eram joias …. Você tem razão foi; um revival belle époque…shirley mangoni

  3. Eu sou de classe média (antiga) e só acho que os emergentes continuam, em geral, tanto os massa da classe C quanto a turma seleta dos milhões, com um baita mau gosto, Hilde…

  4. Teria sido muito mais bonito e digno se ela tivesse doado todo o dinheiro gasto (e deve ter sido muito) nesta festa para uma instituição de caridade. Quanta gente precisando, meu Deus! O Dispensário Botafogo, que faz o sopão dos pobres e está sempre com falta de alimentos, o hospital de crianças com câncer, a ABBR, fora as instituições anônimas que necessitam de tanta coisa. Tudo bem, se ela gosta reunir as amigas, não precisava de tanto exagero!

    • As senhoras participantes do evento em sua grande maioria participam de ações solidárias, muitas delas ajudando justamente as obras citadas pela leitora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *