A população agradece, mas é preciso rever a logística

A paralisação de 24 horas dos rodoviários do Rio, prometida para hoje, não rolou. Pelo menos, graças ao bom senso, em grande parte da cidade. Pelas informações de moradores, o bairro da Ilha do Governador foi o mais prejudicado…

Por lá, não circulou ônibus, o que dificultou a vida dos trabalhadores que se deslocam cedo para o trabalho. Em outros cantos da cidade, a manhã de hoje pareceu normal, com os ônibus circulando normalmente…

Mas é preciso rever as reivindicações, principalmente no que se refere à volta dos cobradores. Muitas empresas impõem a dupla função aos motoristas que, além de dirigir, também fazem a cobrança da passagem…

As empresas economizam, evidentemente. Mas todo o resto se dá mal: o motorista, que perde tempo cobrando no momento em que deveria estar prestando atenção no trânsito; os usuários, que ficam ou do lado de fora do ônibus ou espremidos antes da roleta até que os passageiros da frente sejam liberados; e perde o trânsito porque, enquanto o ônibus permanece parado, em alguns casos, não é possível ultrapassar…

No dia a dia de uma cidade como o Rio de Janeiro em que o trânsito já é bem complicado, quem não quiser colaborar que pelo menos não atrapalhe . É preciso rever essa logística para que as coisas funcionem melhor…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *