A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon

O buxixo da Rio+20, ontem, ficou por conta da presença do príncipe Albert de Mônaco na pré-estreia do filme Planet Ocean, promovida pelos relógios Omega . O príncipe Albert chegou ao Cine Odeon com sua comitiva e um batalhão de lindos seguranças, homens e mulheres, como é hábito monegasco. O príncipe foi simpático e sorridente, mas reservado. Não quis conversa com ninguém e foi direto e apressado para a parte de cima do cinema, no segundo andar. Elegante, de terno cinza e gravata vermelha, ele bebericou um pouco de vinho tinto e comeu uns salgadinhos. Está mais magro e só falou com os diretores dos filmes e com o ambientalista Jean-Michel Cousteau, filho de um dos primeiros ambientalistas da história moderna, o francês Jacques Cousteau

Mais acessível e loquaz foi o presidente mundial da marca suíça Omega, Stephen Urquhart. E também bastante generoso, pois tratou de colocar, ele mesmo, no pulso do diretor do filme, Yann Arthus-Bertrand, um Omega modelo novinho em folha. quando o encontrou na calçada da Cinelândia, em frente ao Odeon…

A Omega patrocinou o filme e, em seu discurso antes da sessão, Yann declarou amor eterno ao seu apoiador. “Eu fui até você pedir o dinheiro que me faltava e você deu. Não vou esquecer isso”. A gafe ficou por conta do apresentador-tradutor do evento, que esqueceu de citar a presença do embaixador da França. Precisou o próprio Yann, ligadíssimo, voltar ao palco e mencionar o fato…

Em seu discurso Yann também explicou o motivo de o príncipe Albert estar ali prestigiando o filme: “O Principado de Mônaco foi o primeiro país no Mediterrâneo a proibir a pesca do atum vermelho em suas águas”, disse…

A imprensa estrangeira e os ambientalistas que estão na Rio +20 eram a maioria entre os convidados, como o dentista carioca e ambientalista pioneiro Olympio Faissol Pinto, com sua filha, Helena, e a italiana designer Francesca Romana Diana

O filme traça um panorama triste, porém realista, sobre a situação dramática em que estão nossos oceanos. As imagens são de extrema beleza, principalmente as subaquáticas feitas em várias partes do planeta. Imagens que também refletem enormes agressões aos oceanos, principalmente aos corais, berçários de todas as espécies marinhas. Um filme bonito e para fazer refletir, neste momento em que os povos de todo o mundo, na Rio+20, buscam soluções para um mundo melhor…

Yves Saint-Geours, embaixador da França, e o cônsul francês no Rio, Jean-Claude Moyret, acompanhados da também francesa Claude Amaral Peixoto não puderam ficar para o debate após a sessão de cinema nem para degustar o champã Chandon e o buffet do Atelier Culinário. Eles tinham que estar cedo no aeroporto hoje para receberem o presidente François Hollande, que chegou às 9 da manhã…

 

MG 4967 A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon Príncipe Albert de Mônaco

MG 4961 A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon Stephen Urquhart, presidente da Omega, presenteando Yann Arthus-Bertrand com um dos relógios suíços

MG 5015 A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon Yves Saint-Geours, embaixador da França, e o cônsul francês no Rio, Jean-Claude Moyret

IMG 4916 A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon

Os diretores do filme, Michael Pitiot e Yann Arthus-Bertrand

MG 4996 A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon

Rodrigo Rivelino

MG 4978 A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon

Príncipe Albert de Mônaco, Stephen Urquhart e Yann Arthus-Bertrand

MG 5003 A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon

Ellen Jabour e Carol Sampaio

MG 5010 A noite do príncipe Albert de Mônaco no Cine Odeon Claude Amaral Peixoto e Yann Arthus-Bertrand

Fotos de Sebastião Marinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *