A melhor gastronomia regional do Brasil, em noite única, no Rio de Janeiro

Vejam meu ar de satisfação, ao lado de meu marido e da musa da gastronomia de Manaus, a Charufe. Foi ontem, na Casa Julieta de Serpa, no lançamento do livro de receitas Mitos e Sabores do Amazonas da chef Charufe Nasser. A maior da Amazônia, a mais celebrada, elogiada, paparicada. A colônia amazonense prestigiou, e eu, carioca, porém apaixonada por tudo que signifique a pujança do Amazonas, da floresta, aos rios, ao povo à culinária, sobretudo a da Charufe, estava lá, saboreando as empadinhas de pirarucu, as hóstias de tucuman nhamnhamnahm.
E nesta quinta-feira volto à Casa Julieta de Serpa para o Grande Festival da Amazônia, em noite única, com um degustação que consistirá em delícias que irão dos peixes gloriosos como tambaqui e pirarucu, ao pato ao tucupi e jambu. Tudo trazido de lá fresquinho pela própria Charufe, temperos inclusive, preparado por ela – e sem precisar pegar o avião! Que bela oportunidade. Eu já contando os minutos, em contagem regressiva. Os experts são unânimes: a culinária mais inspiradora do Brasil é a da Norte, pois lá temos os peixes mais saborosos e os temperos mais perfumados. Charufe, me aguarde, que meu apetite é grande, e os dos convidados de nossa mesa também!

 

2 ideias sobre “A melhor gastronomia regional do Brasil, em noite única, no Rio de Janeiro

  1. Fiquei com agua na boca. Que privilégio da Hilde e que sorte a nossa de termos todo esse patrimônio, do qual muitos pensam que o melhor é explora-lo economicamente e não culturalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *