A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Há três anos a casa estava fechada, restrita aos odores noturnos dos jasmins, que penetram pelas frestas. Foi preciso motivo especialíssimo para reabri-la, num tour de force de quatro dias, que incluiu faxina geral, conserto de trancas, troca de lâmpadas e outras providências necessárias para fazer a casa voltar a respirar. Sem esquecer o óleo nas dobradiças das portas de ferro, que se abriram com dificuldade…

No belo dia do almoço, o universo conspirou a favor. O morro tijucano em frente, mais verde do que nunca. O jardim exuberante só faltava falar, em sua variedade de verdes e vermelhos, que iam até o arroxeado das buganvílias. Mais do que isso: todos estavam felizes! O cozinheiro, os funcionários da casa, o copeiro-mordomo dos 1001 instrumentos, motorista, seguranças, garçons – um staff animadíssimo por participar daquela “reanimação” da casa fechada, como se fizessem um boca-a-boca coletivo para ressuscitá-la…

Tão paparicada, mimada, chaleirada, a casa se abriu toda oferecida, abraçando a todos os convidados, em mesas dispostas ao redor da fonte. Acolhendo o buffet, posto pela equipe do Demar na sala de almoço com azulejos Art-nouveau, sobre toalha bordada em Portugal, pela Rose famosa. Repercutindo em seu teto abobadado todos os acordes do conjunto de sambinha muito bom, levado pelo engenheiro Luís Carneiro, um diletante do samba, que, a horas tantas, no embalo do sucesso musical que faziam, trocou a camisa pela vermelha do Flamengo

Quem sabe sambar, sambou, como Pedrinho Aguinaga e Beth Winston; quem sabe dançar, dançou, como Heitor e Lilian Gurgulino, e quem sabe cantar bonito, como Dino Trapetti, atacou de Volare, ô, ô, depois do almoço, bem como, Giuseppe Sironi, com sua voz colorida de cantor erudito, deixou a todos de queixo caído com seu bel canto de canções italianas. Enquanto Ricardo Amaral dava baforadas em seu charuto e, do lado de fora, no pátio, espiava, pela janela…

Assim se passou a tarde, em torno do homenageado Dino Trapetti, que mais uma vez encerra temporada carioca para ir se enfronhar em Roma, no trabalho de seu Ateliê Tirelli (que acaba de somar mais um Oscar na sua prateleira de figurinos executados por ele, desta vez com o filme Alice no País das Maravilhas)…

As presenças, vocês vêem aí nas fotos. Grandes damas da música erudita, como Miriam Dauelsberg, da museologia, como Vera Tostes, do teatro, como Marília Pera, da dança, como Dalal Achcar, dos figurinos teatrais, como Beth Serpa, da alta gastronomia, como Beth Winston; da sociedade, como Angélique Chartouny, Mariza Coser, Belita Tamoyo, Maria Alice Pinho, Helena Pedrosa, Vania Badin; do mundo da Literatura, como Maria do Carmo Vilaça, do mundo da Educação, como Lilian Gurgulino, da celebração da vida, como Gisella Amaral, Giovanna Deodato e Giovanna Priolli. Com seus respectivos cavalheiros…

Fotos de Sebastião Marinho

Dino 7896 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

O casal Marília Pêra e Bruno Rossi com o homenageado Dino Trappetti

Dino 7803 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Mariza e Jair Coser

Dino 7829 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Lilian e Heitor Gurgulino

Dino 7841 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Helena Pedrosa, Dalal Achcar e Belita Tamoyo

Dino 7846 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Francis Bogossian, Beth Serpa e Beth Winston

Dino 7911 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Giovanna e Mario Priolli com o filho Rafael

a href=”../../files/2011/03/Dino-7964.jpg”>Dino 7964 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Hilde discursa para João Maurício, Vania, Maria Alice, Dalal, Marília, Dino, no jardim da Villa Paraíso, na Usina

Dino 7785 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Vera Tostes

Dino 7792 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Dino Trappetti, Marcos e Maria do Carmo Vilaça

Dino 7788 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

O casal Maria Alice e João Mauricio de Araujo Pinho

Dino 7822 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

O grupo de samba bom levado por Luís Carneiro…

Dino 7935 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Giovanna Deodato

Dino 7767 A casa da Usina se abriu escancarada e oferecida para Dino e seus amigos

Kleuber Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>