CLAUDIA MELLI, UMA NOVA PROMESSA DA ARTE CARIOCA

Final de tarde de sábado no Jardim Botânico ir a um vernissage na galeria de Heloisa Amaral Peixoto é um dos programas mais deliciosos no Rio. “Entre o perto e o distante” é a exposição de Cláudia Melli que abriu no sábado passado desta primavera…

O entardecer em queda e, do lado de fora da galeria, suco de tomate, vinho rosé e um saudável mate para os convidados. Claudia Melli é uma excelente desenhista, que trabalha com nanquim sobre o vidro, criando imagens que se confundem com fotografias em branco e preto…

O colecionador Gilberto Chateaubriand compareceu. Ele é um dos admiradores do trabalho de Melli, uma nova promessa da arte carioca, que acaba de conquistar o Prêmio Aquisição do II Concurso Itamaraty de Arte Contemporânea…

Após o vernissage alguns convidados continuaram com os drinks no próprio atelier da artista. Um lindo recanto no Jardim Botânico…

Fotos de Ari Kaye                                                                Texto de José Ronaldo Müller

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *